Operário estreia na segunda fase da Copa do Brasil contra o Paysandu

Fernando Garcel


Rebaixado no Campeonato Paranaense, o Operário Ferroviário recebe o Paysandu nesta terça-feira (17), às 19h15, no Estádio Germano Krüeger, em partida válida pela Copa do Brasil, em busca da sobrevida na temporada. O confronto é o primeiro jogo da história do time paranaense na segunda fase da competição e marca os 104 anos do clube.

Após sofrer com o rebaixamento no Estadual, o Fantasma trabalhou e reformulou a equipe de olho na Copa do Brasil e na Taça FPF. Com as mudanças, o time conseguiu se sobressair sobre o Criciúma e garantir a ida para a segunda fase. Agora, o Operário precisa evitar a derrota por dois ou mais gols de diferença para garantir o jogo de volta, marcado para o dia 6 de julho, em Belém. Se eliminar o Papão, como é conhecido o time paraense, o Operário enfrenta o vencedor dos jogos entre Coritiba e Juventude na próxima fase.

O técnico Gerson Gusmão terá que lidar com os desfalques na equipe. Gusmão não poderá escalar o lateral Danilo Báia, que cumpre suspensão após ter sido expulso no último jogo da competição, e o atacante Juba, que está em processo de recuperação de uma lesão na costela. O meia Marko Perovic, responsável pelo gol de classificação, não está confirmado para partida porque teve uma lesão no tendão.

104 anos

Segundo clube em atividade mais antigo do Estado do Paraná, o Operário Ferroviário foi vice-campeão estadual em 14 edições, até que, em 2015, conquistou o primeiro título. Devido a essa campanha vitoriosa no último ano, o clube paranaense disputou a Série D do Campeonato Brasileiro, e garantiu vaga para a Copa do Brasil 2016.

Previous ArticleNext Article