Operário é derrotado pelo Grêmio e perde chance de entrar no G4 da Série B

O Operário perdeu em casa para o Grêmio por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (27), e desperdiçou a chance de entrar no G4 da Série B

Pedro Melo - 27 de abril de 2022, 20:56

(Lucas Uebel/Grêmio)
(Lucas Uebel/Grêmio)

O Operário perdeu em casa para o Grêmio por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (27), e desperdiçou a chance de entrar no G4 da Série B. O único gol da partida foi marcado pelo atacante Elias, que saiu do banco de reservas e fez no início do segundo tempo.

A derrota manteve o Fantasma com quatro pontos, na 12ª colocação da Série B, enquanto o Tricolor gaúcho subiu para sete pontos e entrou G4.

Os torcedores que lotaram as arquibancadas do Germano Krüger viram um primeiro tempo sem muita criatividade pelos dois lados. Porém, o Grêmio teve uma ótima chance de abrir o placar aos 28 minutos. Rodrigo Ferreira ficou cara a cara com o gol, mas parou em ótima defesa do goleiro Vanderlei.

Já o segundo tempo começou com total domínio do Grêmio. Logo no primeiro minuto, Diego Souza caiu na área e o árbitro marcou o pênalti. Porém, o lance foi anulado por simulação do atacante gremista. Três minutos depois, o VAR voltou e confirmou o primeiro gol do Tricolor gaúcho. Biel cruzou rasteiro na área, Elias apareceu na área mais rápido que os zagueiros e completou para o fundo da rede.

Depois de levar o gol, o técnico Claudinei Oliveira mudou o setor ofensivo do Operário e terminou com apenas um volante em campo. Mesmo assim, o Fantasma encontrou dificuldades para tomar conta do jogo e praticamente não deu trabalho para o goleiro Brenno.

FICHA TÉCNICA - OPERÁRIO 0X1 GRÊMIO

Data, horário e local: quarta-feira (27), às 19h, no Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR).

Operário: Vanderlei; Arnaldo, Thales, Reniê e Fabiano; André Lima, Ricardinho (Marcelo), Fernando Neto (Felipe Garcia), Reina (Giovanni Pavani) e Thomaz (Felipe Saraiva); Paulo Sérgio (Júnior Brandão). Técnico: Claudinei Oliveira.

Grêmio: Brenno; Rodrigo Ferreira, Pedro Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Lucas Silva (Matheus Sarará), Bitello (Benítez), Campaz (Elias) e Gabriel Teixeira (Janderson); Diego Souza (Ricardinho). Técnico: Roger Machado.

Gol: Elias (GRE), aos 7' do segundo tempo.

Cartão amarelo: Reniê (OPE).

Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza (SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP). O VAR é Vinicius Furlan (SP), com assistência de Herman Brumel Vani (SP).