Operário perde do Guarani e não tem mais chances de acesso na Série B

Jorge de Sousa

Guarani - Operário - Campeonato Brasileiro Série B

As chances de acesso do Operário que eram baixas se tornaram nulas, após a derrota da equipe por 1 a 0 contra o Guarani, na tarde deste sábado (16).

O duelo válido pela 36ª rodada da Série B foi realizado no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

O gol da vitória do Guarani foi marcado por Diego Cardoso.

A vitória deixa o Guarani na 11ª posição com 44 pontos, já sem chances de rebaixamento. A equipe campineira passou 18 rodadas da competição no grupo dos quatro últimos.

Enquanto o Operário fica na nona posição com 49 pontos, apenas cumprindo tabela nas duas últimas rodadas da competição.

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes voltam a campo na próxima semana, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O Operário recebe o Vitória no Germano Krüger, nesta terça-feira (19), às 21h30.

Já o Guarani recebe o América Mineiro no Brinco de Ouro da Princesa, nesta sexta-feira (22), às 21h30.

O JOGO

A primeira chance da partida foi do Operário aos três minutos. Índio foi lançado na área e finalizou para boa defesa com as pernas de Jefferson Paulino.

Nova chance para o Operário aos seis minutos. Rafael Chorão recebeu na entrada da área e livre de marcação mandou por cima do gol.

O Guarani respondeu aos oito minutos. Diego Cardoso foi lançado e bateu cruzado perto do poste esquerdo.

Mas o Operário seguiu na pressão e quase abriu o placar aos dez minutos. Marcelo aproveitou o erro na saída de bola da defesa do Guarani e bateu por cobertura, obrigando Paulino a se esticar para mandar para escanteio.

A resposta campineira veio no minuto seguinte. Lenon cruzou e Arthur escorou firme para boa defesa de Rodrigo Viana.

Novamente a jogada aérea aproximou o Guarani do gol. Rondinelly cruzou e Luiz Gustavo cabeceou firme, só que Jardel em cima da linha salvou o Operário.

Só que aos 32 minutos, Rondinelly invadiu a área e foi derrubado por André Luiz (Rodrigo Viana saiu do jogo por um problema muscular). A arbitragem assinalou penalidade.

Diego Cardoso bateu firme no canto esquerdo, André Luiz chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol.

A primeira chance do segundo tempo foi do Operário aos 18 minutos. Maílson pegou firme da entrada da área e Paulino espalmou.

O Guarani quase ampliou o placar aos 42 minutos. Thallyson puxou contra-ataque e bateu colocado para boa defesa de André Luiz.

Previous ArticleNext Article