Operário perde do Náutico e amplia jejum de vitórias na Série B

Jorge de Sousa

Operário perde do Náutico e amplia jejum de vitórias na Série B

O Operário foi derrotado pelo Náutico de virada por 2 a 1 na noite desta sexta-feira (1º) e o Fantasma completou oito jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro da Série B.

Vinícius (de pênalti) e Caio Dantas marcaram os gols da vitória do Náutico na partida realizada no Germano Krüger, em Ponta Grossa. Djalma Silva balançou as redes pelo Operário.

A derrota manteve o Operário com 34 pontos e momentaneamente na 12ª colocação. Já o Náutico chegou aos 38 pontos e subiu provisoriamente para a nona posição.

As duas equipes voltam a campo na próxima semana. O Náutico recebe o Goiás, na próxima terça-feira (5), às 21h30, enquanto o Operário viaja para duelar contra o Brasil de Pelotas, na quarta-feira (6), às 16h.

OPERÁRIO SOFRE ‘APAGÃO’ E LEVA VIRADA NO GERMANO KRÜGER

Sob os olhares atentos do técnico Ricardo Catalá e comandado em campo pelo auxiliar Leandro Niehues, o Operário entrou em campo para tentar encerrar uma série de sete jogos sem vitória.

A primeira chance criada na partida foi do Operário. Aos três minutos, Alex Silva arriscou da entrada da área e Anderson espalmou a bola para escanteio.

Alex Silva teve nova chance para abrir o placar aos 13 minutos. Djalma Silva arriscou da entrada da área para Anderson espalmar e o lateral pegou o rebote, mas finalizou no poste direito.

Thiago Braga salvou o Operário aos 21 minutos. Júnior Tavares cruzou da esquerda e Vinícius testou firme para o goleiro espalmar a bola na linha de gol.

Só que foi o Operário quem abriu o placar aos 25 minutos. Djalma Silva arriscou da intermediária, a bola resvalou em Heredia e enganou Anderson.

Djalma Silva quase ampliou o marcador aos 44 minutos. Marcelo bateu escanteio da direita, Rafael Ribeiro cortou na área e o lateral emendou de primeira da entra da área, rente ao poste direito.

Nova chance do Operário aos 46 minutos. Rafael Oller encontrou Alan na área, mas na hora de finalizar o atacante deixou a bola escapar e perdeu grande chance.

Alan voltou a levar perigo aos sete minutos do segundo tempo. O meia aproveitou rebote na entrada da área e finalizou no travessão de Anderson.

A pressão do Operário seguiu aos dez minutos. Marcelo arriscou finalização da entrada da área e a bola passou rente ao travessão.

Anderson salvou o Náutico aos 25 minutos. Rodrigo Pimpão fez boa jogada pela esquerda e encontrou Marcelo na entrada da área, com o meia finalizando cruzado para o goleiro espalmar.

Aos 33 minutos, Alex Silva recuou curto e Murillo saiu cara a cara com Thiago Braga. Na primeira batida o atacante finalizou em cima do goleiro, mas no rebote Murillo foi derrubado por Thiago e a árbitra Edina Alves Batista.

Vinícius foi para a cobrança e com categoria deslocou Thiago Braga, batendo no canto esquerdo.

O Náutico conseguiu virar o placar aos 40 minutos. Júnior Tavares disparou pela esquerda e cruzou rasteiro para Caio Dantas completar no segundo poste.

O Operário tentou responder aos 44 minutos. Marcelo bateu falta lateral direto para o gol e Anderson foi ágil para dar um soco na bola.

LEIA MAIS: CBF divulga datas de mais cinco jogos de Coritiba, Londrina e Operário na Série B

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="793984" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]