Operário perde para o Bragantino e dá adeus as chances de acesso

Jorge de Sousa

Operário - Bragantino - Campeonato Brasileiro Série B

O Operário não resistiu ao forte futebol do virtual campeão Bragantino e perdeu por 2 a 0, na noite desta terça-feira (12), e praticamente está fora da briga pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B.

O duelo válido pela 35ª rodada da Série B foi realizado no Germano Krüger, em Ponta Grossa.

Os gols da vitória do Bragantino foram marcados por Ytalo e Morato.

A vitória deixa o Bragantino com 71 pontos e a equipe irá garantir o título da Série B caso o Sport não vença o Botafogo, em jogo que será realizado nesta quarta-feira (13), em Ribeirão Preto.

Já o Operário fica na nona posição com 49 pontos, oito pontos atrás do Coritiba e do Atlético Goianiense.

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O Bragantino recebe o Criciúma no Nabi Abi Chedid, nesta sexta-feira (15), às 19h15.

Já o Operário viaja para Campinas para encarar o Guarani no Brinco de Ouro da Princesa, neste sábado (16), às 16h30.

O JOGO

O Operário teve a primeira chance do jogo aos cinco minutos. Rafael Chorão cruzou na área e Lucas Batatinha fez o domínio, limpou a jogada e finalizou rasteiro para bela defesa com a ponta dos dedos de Julio César.

Mas aos sete minutos o Bragantino conseguiu abrir o placar. Morato invadiu a área, rolou para trás e Ytalo finalizou firme. Rodrigo Viana chegou na bola, mas se atrapalhou e acabou aceitando o chute.

O Operário respondeu aos 11 minutos. Felipe Augusto achou Lucas Batatinha na área, mas o atacante pegou mal na bola e perdeu ótima chance.

Nova chance do Operário aos 23 minutos. Rafael Chorão aproveitou sobra na área e finalizou colocado, mas Julio César novamente se esticou para fazer a defesa.

O Bragantino quase ampliou aos 44 minutos. Morato recebeu na área sozinho, mas demorou para finalizar e deu tempo da marcação voltar e fazer o desarme.

Logo aos sete minutos do segundo tempo, o Bragantino ampliou o placar. Ytalo puxou contra-ataque e lançou Morato. O atacante finalizou firme da entrada da área e marcou um belo gol.

O Operário reclamou de uma penalidade não marcada aos 18 minutos. Edimar empurrou as costas de Maílton na área, mas a arbitragem mandou o jogo seguir.

A primeira chance clara do Operário no segundo tempo só saiu aos 37 minutos. Uilliam foi lançado nas costas da zaga e saiu cara a cara com Julio César. O goleiro fechou bem o espaço e conseguiu abafar a finalização.

A última chance do Operário foi aos 46 minutos. Lucas Batatinha rolou para Uilliam na área, mas novamente Julio César saiu do gol e conseguiu abafar a finalização.

Previous ArticleNext Article