Operário perde da Ponte Preta e completa cinco jogos sem vencer na Série B

Jorge de Sousa

Operário perde da Ponte Preta e completa cinco jogos sem vencer na Série B

O Operário foi derrotado pela Ponte Preta por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (22) e completou cinco jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série B.

André Luiz e Rodrigão marcaram os gols da vitória da Ponte Preta no Germano Krüger, em Ponta Grossa, sem presença de público devido a pandemia da Covid-19. Marcelo balançou as redes pelo Operário.

A derrota manteve o Operário na décima colocação com 34 pontos, dez pontos abaixo do quarto colocado CRB. Já a Ponte Preta se distanciou da zona de rebaixamento, chegando aos 29 pontos – quatro acima do 17º colocado Vitória.

As duas equipes voltam a campo ainda nesta semana. O Operário viaja para enfrentar o Confiança, no sábado (25), às 17h30, enquanto a Ponte Preta recebe o Brasil de Pelotas, no domingo (26), às 18h15.

OPERÁRIO ERRÁTICO LEVA CASTIGO NO GERMANO KRÜGER

A primeira chance criada na partida foi da Ponte Preta. Aos oito minutos, Moisés foi lançado nas costas da zaga e finalizou cruzado para Simão espalmar. Richard ainda pegou o rebote na área, mas escorregou na hora de chutar.

A Ponte Preta abriu o placar aos 21 minutos. André Luiz arriscou finalização da intermediária, a bola pegou efeito e foi no ângulo direito de Simão.

O Operário melhorou na partida após o gol sofrido. Aos 23 minutos, Djalma Silva finalizou da entrada da área e a bola passou rente ao poste esquerdo.

O empate do Operário chegou aos 26 minutos. Paulo Sérgio cobrou falta da entrada da área no poste direito e Marcelo aproveitou a sobra na área para completar para o gol.

Só que a Ponte Preta voltou a liderança do placar aos 45 minutos. Moisés fez bela jogada individual pela direita e cruzou rasteiro para Rodrigão completar para as redes. O gol foi revisto pelo VAR, mas confirmado pela arbitragem.

Simão evitou o terceiro da Ponte Preta aos três minutos. Richard foi lançado na área por um arremesso lateral e cara a cara com o goleiro, finalizou em cima do arqueiro.

Ivan fez grande intervenção aos cinco minutos. Thomaz arriscou finalização da entrada da área e o goleiro espalmou a bola no ângulo esquerdo.

Nova chance do Operário aos 14 minutos. Paulo Sérgio recebeu na área e finalizou no poste direito, a bola chegou a correr pela linha de gol antes de sair pela linha de fundo.

Kevin salvou a Ponte Preta aos 18 minutos. Djalma Silva cobrou falta lateral direto para a meta, Ivan espalmou e Rafael Oller pegou o rebote na pequena área, mas o lateral fez o corte na linha de gol.

A Ponte Preta ficou com dez jogadores em campo aos 27 minutos. André Luiz matou contra-ataque no meio de campo, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

A pressão do Operário continuou aos 34 minutos. Alex Silva finalizou cruzado, a bola desviou em Rafael Oller e quase acertou o poste esquerdo.

A Ponte Preta teve mais um jogador expulso nos minutos finais. Fabio Sanches cometeu falta perto da área, recebeu o segundo cartão amarelo e deixou a equipe com nove em campo.

Ivan garantiu a vitória da Ponte Preta aos 50 minutos. Alan recebeu na área e finalizou cruzado para o goleiro espalmar a bola pela linha de fundo.

LEIA MAIS: Flamengo e Fortaleza decidem em casa as semis da Copa do Brasil contra Athletico e Atlético-MG

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="791915" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]