Operário vence Brasil de Pelotas e se mantém no G-4 da Série B

Jorge de Sousa

Operário vence Brasil de Pelotas e se mantém no G-4 da Série B

O Operário venceu o Brasil de Pelotas por 2 a 1 na noite deste domingo (30) e conseguiu se manter no G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B ao final da sexta rodada.

Marcelo e Schumacher fizeram os gols da vitória do Operário, enquanto Luiz Henrique anotou o gol do Brasil.

O duelo foi realizado no Germano Krüger, em Ponta Grossa, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixa o Operário com 13 pontos conquistados, enquanto o Brasil de Pelotas segue com quatro pontos ganhos – embora tenha um jogo a menos.

As duas equipes entram em campo nesta quarta-feira (2), em jogos válidos pela sétima rodada da Série B.

O Operário viaja para encarar o Avaí, às 16h30, enquanto o Brasil de Pelotas recebe o Cruzeiro, às 20h30.

SCHUMACHER BOM ‘DE LETRA’ GARANTE VITÓRIA DO OPERÁRIO

Operário vence Brasil de Pelotas e se mantém no G-4 da Série B
Rodrigo Viana apareceu bem na partida, nas poucas vezes em que foi exigido pelo ataque do Brasil. (José Tramontin/OFEC)

O Operário começou melhor a partida e quase abriu o placar aos 11 minutos. Sávio cruzou da direita na cabeça de Marcelo e o meia escorou firme, mas Rafael Martins espalmou para a linha de fundo.

Marcelo conseguiu abriu o placar aos 17 minutos. Douglas Coutinho fez bela jogada individual pelo centro, finalizou rasteiro e Rafael Martins espalmou para frente, nos pés do meia que só empurrou para as redes.

Só que aos 20 minutos o Brasil conseguiu empatar a partida. Julinho errou a marcação em cobrança lateral e Matheus Oliveira avançou pela direita e cruzou rasteiro. Bonfim errou o bote e Luiz Henrique apareceu livre para empurrar para as redes.

Thomaz quase colocou o Operário novamente a frente aos 24 minutos. O meia recebeu na direita, cortou para o centro e bateu firme, mas a bola passou ao lado do poste direito.

No último lance do primeiro tempo, Rodrigo Viana apareceu para salvar o Operário. Gegê bateu falta da entrada da área e mirou o canto esquerdo, mas o goleiro foi rápido para espalmar para a linha de fundo.

Após uma queda no nível técnico no início da segunda etapa, o Operário contou com a bola parada para reassumir a liderança do placar.

Aos 14 minutos, Tomas Bastos bateu falta lateral da esquerda, a zaga do Brasil afastou parcialmente e a bola sobrou para Douglas Coutinho. O atacante rolou para a pequena área e Schumacher finalizou de letra para o fundo das redes.

Mas o replay televisivo mostrou que Bonfim tocou a bola com o braço antes de Rafael Martins dar um soco na bola. Vale lembrar que os jogos da Série B não contam com o VAR.

O Operário quase ampliou o placar aos 26 minutos. Jorge Jiménez recebeu na entrada da área e finalizou firme perto do travessão de Rafael Martins.

Rodrigo Viana apareceu novamente aos 37 minutos. Nathan Cachorrão cruzou no primeiro poste e Bruno Matias escorou firme de cabeça para o goleiro cair e fazer firme defesa.

Rafael Martins ainda salvou o Brasil duas vezes seguidas nos acréscimos. Primeiro, Jean Carlo arriscou chute cruzado da esquerda e o goleiro espalmou. Na sequência da jogada, a bola voltou para o meia que arriscou da meia-lua da área para o arqueiro espalmar apenas uma mão.

LEIA MAIS: Arsenal vence Liverpool e conquista Supercopa da Inglaterra após três anos

Previous ArticleNext Article