Operário vence Chapecoense e ajuda América-MG na briga pelo título

Jorge de Sousa

Operário vence Chapecoense e ajuda América-MG na briga pelo título da Série B

O Operário venceu a Chapecoense na tarde desta segunda-feira (25) e ajudou o América-MG na briga pelo título do Campeonato Brasileiro da Série B.

Fábio Alemão e Rafael Oller marcaram os gols da vitória do Operário.

O duelo foi realizado no Germano Krüger, em Ponta Grossa, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Mesmo com a vitória, o Operário chega aos 54 pontos e não tem mais chances de acesso. Com essa pontuação o Fantasma garante que irá terminar a Série B ao menos entre os nove primeiros colocados.

Já a Chapecoense perdeu a liderança da Série B pelo número de gols marcados. O América-MG soma os mesmos 70 pontos e 19 gols de saldo, mas tem dois gols a mais que a rival (41 a 39).

A última rodada da Série B será toda realizada nesta sexta-feira (29), às 21h30. O Operário encerra a competição contra o Botafogo-SP, no Santa Cruz.

A disputa pelo título terá o América-MG recebendo o Avaí no Independência, enquanto a Chapecoense duela contra o Confiança na Arena Condá.

OPERÁRIO ‘LETAL’ NOS CONTRA-ATAQUES PELA VITÓRIA

A Chapecoense quase marcou após falha da defesa do Operário aos 11 minutos. Alan Ruschel bateu falta lateral, Ricardo Silva tentou cortar, mas a bola foi para trás e Thiago Braga salvou o gol encima da linha.

Só que foi o Operário quem abriu o placar aos 21 minutos. Fábio Alemão puxou contra-ataque, tabelou com Ricardo Bueno e bateu firme, a bola tocou no poste esquerdo e entrou no gol.

João Ricardo fez nova intervenção aos 29 minutos. Marcelo avançou pela esquerda e da intermediária arriscou a finalização para o goleiro espalmar para escanteio.

O Operário foi buscar o segundo gol aos três minutos da etapa final. Thomaz puxou contra-ataque, fintou dois marcadores e lançou Rafael Oller na área, com o atacante pegando de primeira e mandando a bola no ângulo esquerdo de João Ricardo.

Thomaz ficou perto de ampliar o marcador no minuto seguinte. O meia recebeu na direita e tentou a finalização cruzado, que passou rente ao poste esquerdo.

Nova chance do Operário aos 26 minutos. Marcelo recebeu na faixa central e da entrada da área bateu perto do poste esquerdo de João Ricardo.

A primeira finalização da Chapecoense na segunda etapa saiu apenas aos 29 minutos. Lucas Tocantins fez boa jogada pela direita e encontrou Anderson Leite na entrada da área. O volante emendou de primeira, mas mandou por cima da meta.

Perotti ficou perto de descontar o placar aos 43 minutos. Lucas Tocantins cruzou da direita, Evandro finalizou em cima de Ricardo Silva e a bola sobrou para o atacante bater colocado, errando por pouco o canto direito.

LEIA MAIS: Cruzeiro e Felipão rescindem contrato após permanência na Série B

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="741330" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]