Operário vence Botafogo e cola no G-4 da Série B

Jorge de Sousa

Operário vence Botafogo e cola no G-4 da Série B

O Operário venceu o Botafogo por 1 a 0 na noite desta quinta-feira (12) e voltou a encostar na briga pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B.

Paulo Sérgio marcou o único gol da partida realizada no Germano Krüger, em Ponta Grossa, sem a presença de público, devido a pandemia da Covid-19.

A segunda vitória seguida deixou o Operário com 27 pontos e na oitava colocação, dois abaixo do quarto colocado Sampaio Corrêa. Já o Botafogo teve interrompida uma série de quatro triunfos e ficou estacionado na décima colocação, com 25 pontos.

As duas equipes voltam a campo neste domingo (15). O Botafogo recebe o Brasil de Pelotas, no Engenhão, às 18h15, enquanto o Operário duela contra o Brusque, no Germano Krüger, às 20h30.

SOB CHUVA, PAULO SÉRGIO OPORTUNISTA DÁ VITÓRIA AO OPERÁRIO

Sob forte chuva na cidade de Ponta Grossa, o Operário entrou em campo com 11 desfalques para tentar parar o embalado Botafogo.

Foi o Operário quem chegou com perigo logo nos primeiros segundos de jogo. Paulo Sérgio recebeu na entrada da área e finalizou firme para Diego Loureiro espalmar no canto direito.

A resposta do Botafogo veio aos dois minutos. Guilherme Santos avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Rafael Navarro finalizar mascado, perdendo boa chance na pequena área.

Paulo Sérgio conseguiu abrir o placar aos sete minutos. Thomaz cruzou da esquerda, Diego Loureiro errou o corte e o centroavante cabeceou para o gol vazio.

Nova chance do Operário aos 29 minutos. Rodrigo Pimpão cruzou da direita, Paulo Sérgio ajeitou de cabeça e Thomaz finalizou rente ao travessão.

O Botafogo ficou perto do empate aos 34 minutos. Marco Antônio avançou pela direita e finalizou cruzado, com a bola explodindo no travessão de Simão.

A pressão do Botafogo foi intensificada nos minutos finais. Aos 46 minutos, Pedro Castro bateu escanteio da esquerdo e Diego Gonçalves testou firme para defesa de Simão encima da linha de gol.

Na sequência da jogada, Oyama aproveitou rebote na entrada da área e arriscou a finalização cruzada, errando por pouco o poste direito.

A primeira chegada da segunda etapa foi do Botafogo. Aos oito minutos, Marco Antônio arriscou de média distância e a bola passou com perigo a direita da meta.

O Operário respondeu aos 20 minutos. Leandro Vilela puxou contra-ataque pela faixa central, ajeitou para a perna direita e finalizou em arco perto do poste direito.

Paulo Sérgio ficou perto de ampliar o placar aos 26 minutos. Thomaz tabelou com Rodrigo Pimpão e rolou para o centroavante finalizar na pequena área, mas em cima de Gilvan. Lucas Mendes ainda aproveitou a sobra, só que novamente o zagueiro do Botafogo travou a jogada.

O Botafogo teve um pênalti não marcado aos 47 minutos. Felipe Ferreira cruzou da esquerda, Gilvan testou e a bola explodiu no braço aberto de Fabiano. Douglas Marques das Flores mandou o jogo seguir.

Schumacher ainda teve a chance de matar o jogo aos 48 minutos. O atacante desarmou Hugo no meio de campo e disparou até a área do Botafogo, finalizando cruzado para boa defesa de Diego Loureiro.

LEIA MAIS: Cartola FC: Dicas para bons e baratos na 16ª rodada do Brasileiro

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="782817" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]