Palmeiras apenas empata e é eliminado da Libertadores; Boca e River disputam a final

O sonho do Palmeiras de chegar à decisão da Copa Libertadores acabou. Nesta quarta-feira (31), a equipe empatou com o Bo..

Folhapress - 01 de novembro de 2018, 00:04

SÃO PAULO, SP, 31.10.2018: PALMEIRAS-BOCA JUNIORS - Willian - Partida entre Palmeiras e Boca Juniors, válida pela semifinal da Taça Libertadores, no estádio Allianz Parque, na zona oeste de São Paulo, na noite deste quarta (31). (Foto: Bruno Ulivieri/DiaEsportivo/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 31.10.2018: PALMEIRAS-BOCA JUNIORS - Willian - Partida entre Palmeiras e Boca Juniors, válida pela semifinal da Taça Libertadores, no estádio Allianz Parque, na zona oeste de São Paulo, na noite deste quarta (31). (Foto: Bruno Ulivieri/DiaEsportivo/Folhapress)

O sonho do Palmeiras de chegar à decisão da Copa Libertadores acabou. Nesta quarta-feira (31), a equipe empatou com o Boca Juniors por 2 a 2, no Allianz Parque, pela segunda partida da semifinal da Copa Libertadores. Com o resultado, o time argentino avançou à final da competição. Na decisão, enfrentará o River Plate, que venceu o Grêmio por 2 a 1, na terça-feira, em Porto Alegre.

É a primeira vez que os dois clubes argentinos disputam a decisão do torneio. O primeiro jogo da decisão está marcado para a próxima quarta-feira (7), em La Bombonera. O segundo confronto será realizado no dia 28, no Monumental de Nuñez.

Como perdeu o primeiro duelo por 2 a 0, a equipe alviverde precisava vencer por três gols de diferença. Com o apoio da torcida, o time tomou a iniciativa e teve um gol de Bruno Henrique anulado pelo VAR logo no início da partida.

Pouco depois, o Boca Juniors abriu o placar com Ábila. Assim, o Palmeiras precisava fazer quatro gols. No segundo tempo, os palmeirenses se empolgaram e até acreditaram que era possível. Aos 7 minutos, Luan empatou. Oito minutos depois, Gómez virou a partida em cobrança de pênalti.

Apesar de virar o marcador, o Palmeiras não conseguia pressionar o Boca Juniors, que controlava o jogo. A esperança do time paulista terminou aos 24 minutos, quando Benedetto recebeu bola e, de fora da área, chutou cruzado para deixar tudo igual.

Desorganizado e no desespero, o Palmeiras não teve forças para buscar a vitória a partir daí.