Palmeiras vence Ceará e abre vantagem por vaga nas semifinais da Copa do Brasil

Jorge de Sousa

Palmeiras vence Ceará e abre vantagem por vaga nas semifinais da Copa do Brasil

O Palmeiras venceu o Ceará por 3 a 0 na tarde desta quarta-feira (11) e abriu boa vantagem para conseguir a classificação às semifinais da Copa do Brasil.

O duelo foi realizado no Allianz Parque, em São Paulo, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Com o placar do jogo desta quarta-feira, o Palmeiras pode ser derrotado por dois gols de diferença na partida de volta que irá garantir vaga nas semifinais da Copa do Brasil.

O Ceará precisa vencer por quatro gols de diferença para levar a vaga no tempo normal e três de diferença para decidir o classificado nas penalidades.

A classificação para as semifinais irá garantir R$ 7 milhões aos cofres da equipe classificada, sendo que o Ceará já embolsou na competição R$ 11,38 milhões, por ter avançado nas fases anteriores.

As duas equipes entram em campo neste sábado (14) pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Ceará visita o Grêmio em Porto Alegre, às 19h, enquanto o Palmeiras recebe o Fluminense no Allianz Parque, às 21h30.

PALMEIRAS ABRIU VANTAGEM COM PRIMEIRO TEMPO ARRASADOR

Sob forte chuva em São Paulo, Palmeiras e Ceará fizeram os primeiros 30 minutos de forma estudado e com apenas uma finalização de Raphael Veiga de média distância – defendida com tranquilidade por Fernando Prass.

Mas o Palmeiras conseguiu em cinco minutos construir a vitória. Aos 34 minutos, Gustavo Scarpa recebeu na esquerda e da lateral da área arriscou chute rasteiro que passou ao lado de Fernando Prass.

Aos 37 minutos, Danilo fez bela inversão para Gabriel Veron, que cruzou rasteiro para trás e Raphael Veiga emendou de primeira no canto direito.

A pressão do Palmeiras resultou no terceiro gol aos 39 minutos. Novamente Gabriel Veron recebeu na esquerda, puxou para o meio e bateu com efeito no ângulo direito.

Willian teve a chance de transformar o placar em goleada aos quatro minutos do segundo tempo. Gustavo Scarpa cruzou da esquerda e o atacante (livre na pequena área) bateu por cima da meta.

A primeira finalização do Ceará saiu apenas aos 12 minutos. Lima fintou Marcos Rocha e cruzou rasteiro para Leandro Carvalho bater no primeiro poste, mas a bola saiu à esquerda do gol.

A principal chance de gol do Ceará saiu aos 26 minutos. Fernando Sobral deu belo lançamento para Wescley na área e o atacante tentou o chute no canto esquerdo, só que a bola foi para fora.

O árbitro Bráulio da Silva Machado foi protagonista dos minutos finais do jogo. Aos 36 minutos, o juiz assinalou pênalti de Renan em Leandro Carvalho.

Mas após conferência no monitor do VAR, o árbitro cancelou a marcação e expulsou o técnico Abel Ferreira por reclamação durante a revisão.

Ainda deu tempo de Fernando Prass salvar o Ceará. Aos 42 minutos, Gabriel Silva foi lançado na área e finalizou cruzado para boa defesa do goleiro. Rony tentou emendar na sobra, mas a zaga travou o chute.

LEIA MAIS: STJD nega anulação da vitória do Athletico sobre o Fortaleza

Previous ArticleNext Article