Palmeiras goleia Petrolero com quatro de Navarro na Libertadores

O Palmeiras goleou de virada o Independiente Petrolero por 8 a 1 na noite desta quarta-feira (13) e segue invicto na Copa Libertadores.

Jorge de Sousa - 12 de abril de 2022, 23:20

Reprodução/Twitter Conmebol Libertadores
Reprodução/Twitter Conmebol Libertadores

O Palmeiras goleou de virada o Independiente Petrolero por 8 a 1 na noite desta quarta-feira (13) e segue invicto na Copa Libertadores.

José Correa abriu o placar para o Independiente Petrolero, mas Zé Rafael, Rafael Navarro (quatro vezes), Rony e Raphael Veiga (duas vezes) garantiram a vitória do Palmeiras.

A segunda rodada do Grupo A da Libertadores será completada nesta quinta-feira (14), com Emelec e Deportivo Táchira, no Equador.

A terceira rodada da Libertadores será disputada daqui duas semanas. O Palmeiras viaja para enfrentar o Emelec no dia 27 (quarta-feira), enquanto o Independiente Petrolero atua na Bolívia contra o Deportivo Táchira no dia 26 (terça-feira).

RAFAEL NAVARRO DECIDE NO SEGUNDO TEMPO POR GOLEADA DO PALMEIRAS

O time alternativo do Palmeiras criou a primeira chance aos quatro minutos de jogo. Mayke cruzou da direita e Wesley tentou um voleio na pequena área, mas pegou torto na bola.

Só que o Independiente Petrolero abriu o placar aos cinco minutos. Cristaldo recebeu cobrança de lateral na área, ganhou de Jorge na força física e rolou para José Correa finalizar no ângulo esquerdo.

O Palmeiras quase empatou aos 13 minutos. Atuesta cobrou escanteio da esquerda e Gustavo Gómez testou no canto direito, mas Francisco Silva cortou encima da linha de gol.

Nova chance do Palmeiras no minuto seguinte. Mayke cruzou da direita, Gustavo Gómez ajeitou e Rafael Navarro ia fechar na pequena área, mas Chiatti cortou de carrinho.

Arancíbia evitou o empate do Palmeiras aos 32 minutos. Rafael Navarro fez o pivô para Gabriel Veron e o atacante finalizou cruzado para o goleiro espalmar.

Aos 40 minutos o empate do Palmeiras saiu. Jorge cruzou da esquerda, a zaga do Petrolero afastou parcialmente e Zé Rafael aproveitou a sobra na entrada da área, finalizando no canto esquerdo.

Wesley perdeu grande chance para virar o placar aos 42 minutos. Mayke cruzou da direita, Breno Lopes desviou no poste direito e a bola sobrou para Wesley na pequena área, mas a finalização explodiu em carrinho de Chiatti.

Arancíbia voltou a aparecer aos 46 minutos. Wesley tentou cruzar da esquerda, a bola pegou efeito e o goleiro espalmou a bola que ia entrar no ângulo direito.

O Palmeiras conseguiu a virada logo aos dois minutos do segundo tempo. Breno Lopes cruzou da direita e Rafael Navarro testou no canto direito de Arancíbia.

Rafael Navarro marcou novamente aos oito minutos. Jorge cruzou da esquerda, Gustavo Gómez ajeitou de cabeça, Kuscevic dividu na área e Navarro finalizou para as redes da pequena área.

O centroavante ainda balançou as redes mais uma vez aos 11 minutos. Gabriel Veron avançou pela direita e cruzou para Rafael Navarro completar no primeiro poste.

Gabriel Veron quase marcou o dele aos 15 minutos. O atacante invadiu a área e tentou finalizar no meio do gol, mas Arancíbia espalmou para escanteio.

Rafael Navarro balançou novamente as redes aos 32 minutos. Mayke cruzou da direita e o centroavante completou na pequena área.

Rony ainda marcou o dele aos 36 minutos. Rafael Navarro cruzou da direita e o atacante cabeceou no canto esquerdo de Arancíbia.

Ainda deu tempo de tempo do Palmeiras marcou o sétimo gol. Gabriel Menino bateu escanteio da direita e Raphael Veiga emendou de primeira da entrada da área no ângulo esquerdo.

Raphael Veiga deu números finais ao placar aos 45 minutos. O meia bateu falta lateral direto no ângulo esquerdo para marcar outro belo gol no Allianz Parque.

PALMEIRAS 7 X 1 INDEPENDIENTE PETROLERO

Local: Allianz Parque, São Paulo

Árbitro: Derlis Lopez (FIFA-PAR)

Assistentes: Eduardo Cardozo (FIFA-PAR) e Julio Aranda (FIFA-PAR)

PALMEIRAS

Weverton, Mayke, Kuscevic, Gustavo Gómez (Murilo) e Jorge; Zé Rafael (Gabriel Menino) e Atuesta (Danilo); Breno Lopes (Raphael Veiga), Gabriel Veron, Wesley (Rony) e Rafael Navarro. T.: João Martins

INDEPENDIENTE PETROLERO

Arancíbia, Velásquez, Francisco Silva e Chiatti; Alaca (Giménez), Avilés, Joel Bejarano (Alejandro Bejarano), Folleco e Acuña (Rivas); José Correa (Reina) e Cristaldo (Buter). T.: Marcelo Robledo

Gols: José Correa (5 minutos/1ºT), Zé Rafael (40 minutos/1ºT), Rafael Navarro (2 minutos/2ºT, 8 minutos/2ºT, 11 minutos/2ºT e 32 minutos/2ºT), Rony (34 minutos/2ºT) e Raphael Veiga (40 minutos/2ºT e 45 minutos/2ºT)

Cartões amarelos: Folleco, Rioja, Cristaldo e Giménez (IPO)

LEIA MAIS: Real Madrid elimina o Chelsea na prorrogação e segue na Champions