Grêmio vence o Palmeiras, encerra jejum e avança à semifinal da Libertadores

Vinicius Cordeiro

palmeiras grêmio libertadores

O Grêmio surpreendeu e venceu o Palmeiras por 2 a 1 nesta terça-feira (27) para se classificar à semifinal da Libertadores 2019. Luiz Adriano abriu o placar pelos paulistas, mas Éverton ‘Cebolinha’ e Alisson viraram pelos gaúchos. Já que os palmeirenses triunfaram por 1 a 0 em Porto Alegre, o Tricolor se classificou pelo critério do gol fora de casa.

No final do jogo, o árbitro Néstor Pitana foi à cabine do VAR para conferir um suposto pênalti a favor do Palmeiras. No lance, Gustavo Gómez cabeceou a bola, que teria batido no braço de Geromel. Entretanto, o juiz acabou dando sequência ao jogo por interpretar que o braço do zagueiro estava muito próximo da testada de Gómez.

O jogo aconteceu no Pacaembu porque o Allianz Parque recebeu os shows da dupla Sandy e Júnior. Mais de 36.081 mil pessoas acompanham a partida para uma renda acima de R$ 1 milhão.

Agora o Grêmio fica no aguardo do vencedor entre Internacional x Flamengo. Os times se enfrentam nesta quarta-feira (28), às 21h30, no Beira-Rio. Na ida, os cariocas fizeram 2 a 0 no Maracanã.

As datas reservadas para os jogos da semifinal são os dias 1 e 2 de outubro (terça e quarta, respectivamente). Já os jogos de volta acontecerão nos dias 22 e 23 do mesmo mês.

COMO FICAM

Eliminado, o Palmeiras foca suas atenções no Campeonato Brasileiro, já que também foi eliminado da Copa do Brasil. O time comandado por Luiz Felipe Scolari é o terceiro colocado com 30 pontos, três a menos do que os líderes Flamengo e Santos.

Do outro lado, o Grêmio chega à décima semifinal de Libertadores e ainda está vivo na Copa do Brasil. O Tricolor enfrenta o Athletico-PR na próxima quarta-feira (4), às 19h, na Arena da Baixada. Na ida, os gaúchos venceram por 2 a 0.

Além disso, os gremistas ainda encerraram um jejum que incomodava. O time não vencia o Palmeiras desde o dia 28 de setembro de 2016, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Desde então, eram 5 triunfos palmeirenses e dois empates nos sete confrontos dos clubes.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois clubes entram em campo neste final de semana, pela 17.ª rodada do Brasileirão. O Grêmio enfrenta o São Paulo neste sábado (31), às 11h, no Morumbi.

Já o Palmeiras vai ao Rio de Janeiro para encarar o líder Flamengo. O duelo entre os clubes com maior investimento do país acontece no domingo (28), às 16h, no Maracanã.

O JOGO

palmeiras grêmio libertadores
Everton foi decisivo para o triunfo gaúcho. Foto: Divulgação Twitter/ Conmebol Libertadores

O Palmeiras foi absoluto no início do jogo. Com controle total, os donos da casa abriram o placar com Luiz Adriano aos 13 minutos. Dudu cobrou o escanteio e Gustavo Gómez cabeceou. Paulo Victor deu soco na bola, mas mandou no pé do atacante. O camisa 10 ajeitou rápido e bateu rasteiro para incendiar a torcida alviverde.

Contudo, o Grêmio se recuperou no jogo em questão de minutos. Aos 17, Jean Pyerre cruzou da esquerda e Everton apareceu livre de marcação para completar para o fundo das redes. O ‘Cebolinha’ voltou a ser decisivo quatro minutos depois. Ele passou por cinco defensores e Weverton saiu do gol para bloquear, parcialmente, o atacante. Para a sorte gremista, o rebote sobrou para Alisson virar o marcador.

Depois disso, a partida ficou mais equilibrada – e com bastante cera por parte dos gaúchos. No final, o Palmeiras voltou a ter boas chances. Aos 41, Gustavo Scarpa cruzou e Willian Bigode pegou firme para carimbar a trave do Grêmio. Dois minutos depois, Dudu cruzou da direita e Paulo Victor errou mais uma vez, mas a bola bateu em Willian e foi pela linha de fundo.

Na etapa final, o Palmeiras parou no bloqueio gremista. Com a entrada de Deyverson, os paulistas só assustaram o goleiro Paulo Victor em bolas alçadas na área. A única finalização foi um chute de fora da área de Dudu.

No final, o auxiliar técnico de Felipão, Paulo Turra, ainda foi expulso por reclamação.

Previous ArticleNext Article