Palmeiras quebra série invicta do Atlético-PR

Folhapress


No duelo entre duas das equipes com melhor campanha após a Copa do Mundo, o Palmeiras levou a melhor sobre o Atlético e freou uma sequência de nove jogos sem derrota do Furacão (com quatro vitórias seguidas). Com o 2 a 0, o time paulista pulou para a terceira posição do campeonato, com 43 pontos e deixou a equipe paranaense na 11ª posição, com 27.

O primeiro tempo teve um início bem equilibrado, com muita marcação e pouco espaço para a criação. Demorou, mas a melhor chance, no entanto, foi de Nikão, pela equipe paranaense.

Apesar do jogo pegado, após o susto, o Palmeiras passou a tocar melhor a bola na tentativa de furar o bloqueio adversário. Borja foi quem conseguiu chegar mais perto de abrir o placar.

Insatisfeito com a apresentação de seus comandados, Felipão mudou a equipe para o segundo tempo. O treinador promoveu a entrada de Bruno Henrique, que tem melhor saída de bola, e sacou Thiago Santos.

Mas a alteração que mudou a história da partida foi a entrada de Deyverson no lugar de Borja. O camisa 16 precisou de apenas sete minutos para mostrar que o técnico fez a escolha correta.

O centroavante deu um passe açucarado para Willian sair na cara do goleiro, aos 26min, para fazer seu 15º gol na temporada, o oitavo no Brasileiro.

O Palmeiras passou a gostar do jogo. Felipe Melo deu chapéu, e Moisés e Deyverson quase ampliaram o marcador. Mas era a noite de Willian. O atacante sofreu pênalti, que Moisés converteu aos 49min. O clube alviverde havia errado suas cinco penalidades anteriores.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="551532" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]