Palmeiras bate o Grêmio mais uma vez e é campeão da Copa do Brasil 2020

Vinicius Cordeiro

palmeiras campeão copa do brasil grêmio

O Palmeiras é campeão da Copa do Brasil 2020! O time derrotou o Grêmio por 2 a 0 e conquistou a quarta taça do torneio nacional. O duelo deste domingo (7) foi realizado no Allianz Parque, em São Paulo, e decidido com gols do atacante Wesley e do meio campista Gabriel Menino. O goleiro Paulo Victor falhou nos dois lances, assim como fez na partida de ida. No placar agregado, deu Palmeiras 3 a 0.

Com o resultado, o Porco encerra a temporada com três grandes títulos: Paulistão, Libertadores e Copa do Brasil. O clube não vencia três campeonatos expressivos no mesmo ano desde 1993.

Os triunfos ainda coroam o trabalho do técnico Abel Ferreira. O português foi contratado no fim de outubro para substituir o demitido Vanderlei Luxemburgo e teve o ano consagrado, conquistando as primeiras taças como treinador. Também por conta da nacionalidade, ascensão é semelhante a de Jorge Jesus pelo Flamengo em 2019.

O Palmeiras já havia sido vencido a Copa do Brasil em 1998, 2012 e 2015. Além do troféu, o clube ainda conquista o prêmio de R$ 54 milhões dado ao campeão.

Do outro lado, o Grêmio fica com o vice. Os gaúchos são pentacampeões da Copa do Brasil, 1989, 1994, 1997, 2001 e 2016, só perdendo para o Cruzeiro, que ostenta seis edições: 1993, 1996, 2000, 2003, 2017, 2018.

Boa parte dos times principais de Palmeiras e Grêmio entra em férias, já que os clubes disputam os Estaduais com equipes alternativas. Os alviverdes voltam a campo neste domingo (10) contra a Ferroviária, pela terceira rodada da fase de grupos do Paulistão. Já os gremistas encaram o São José, mas o jogo do Campeonato Gaúcho está sem data marcada.

PALMEIRAS É CAMPEÃO SOBRE O GRÊMIO COM FALHAS DE PAULO VICTOR E PARTIDAÇA DE VEIGA

Veiga já tinha tido boa atuação no jogo da ida, em Porto Alegre. (Cesar Greco/Palmeiras)

Precisando reverter a vantagem, Grêmio foi em busca da vitória no primeiro tempo. Logo aos dois minutos, Pepê não conseguiu completar a jogada de Vanderson pela direita e desperdiçou ótima chance. O time de Renato Gaúcho seguiu pressionando e teve outras tentativas com Diego Souza e Alisson, também sem sucesso.

A resposta do Palmeiras chegou com Rony, que teve o chute travado pelo zagueiro Paulo Miranda. O meia Raphael Veiga, um dos principais destaques do jogo, chegou a abrir o placar aos 18 minutos, mas a arbitragem pegou impedimento de Rony na jogada.

O Grêmio assustou com cabeçada de Diego Souza defendida por Weverton, mas contou com o goleiro Paulo Victor para defender os chutes de Veiga e Zé Rafael.

Na etapa final, o arqueiro gremista não teve felicidade e tomou dois gols bobos. Aos sete minutos, Raphael Veiga acionou Wesley na velocidade. O jovem atacante recebeu pela esquerda e bateu. Paulo Victor chegou a espalmar, mas a bola morreu no fundo das redes.

A partir disso, o Grêmio tentou o empate sem criar qualquer chance perigosa. No contra-ataque, o placar foi definido: Rony lançou Willian Bigode, que deu assistência para Gabriel Menino chutar com o pé esquerdo e viu a bola passar entre as pernas de Paulo Victor.

Previous ArticleNext Article