Palmeiras bate Tigre na Argentina e estreia com vitória na Libertadores

Jorge de Sousa

Luiz Adriano - Palmeiras - Tigre - Copa Libertadores da América

Com a vitória facilitada após expulsão do rival, o Palmeiras bateu o Tigre por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (4), estrando com vitória em sua vigésima participação na Copa Libertadores da América.

O duelo foi realizado no Estádio José Dellagiovanna, em San Fernando, na Argentina.

Luiz Adriano e Willian marcaram os gols da vitória do Palmeiras, mantendo a invencibilidade da equipe em estreias de Libertadores desde 1979.

O Palmeiras está no Grupo B da Copa Libertadores, que além do Tigre ainda conta com o Guaraní e o Bolívar. Ambas as equipes se enfrentam ainda nesta quarta-feira.

MARÇO DECISIVO

Até o início de abril o Palmeiras terá uma sequência decisiva de jogos pelo Campeonato Paulista e pela Copa Libertadores.

Pelo estadual. a equipe terá pela frente a Ferroviária (em casa), a Inter de Limeira (fora de casa), o clássico contra o Corinthians (fora de casa) e o Água Santa (em casa) para encerrar a primeira fase da competição.

Já pela Libertadores o Palmeiras encerra o primeiro turno com confrontos em casa contra o Guaraní (em casa) e Bolívar (fora de casa).

PALMEIRAS MAIS EFICIENTE NO ATAQUE

Vanderlei Luxemburgo - Palmeiras - Tigre - Copa Libertadores da América
Vanderlei Luxemburgo chegou a 385 jogos como técnico do Palmeiras, 200 abaixo do recordista Oswaldo Brandão. (Cesar Greco)

O Palmeiras conseguiu abrir o placar aos 15 minutos do primeiro tempo. Gabriel Menino rouba bola no meio de campo e toca para Willian na área. O atacante fez o pivô para Luiz Adriano, que deixou a bola correr e bateu com efeito no canto direito.

O Tigre cresceu de rendimento após sofrer o gol e quase empatou a partida aos 19 minutos. Morales conseguiu roubar bola no campo de ataque e serviu Cavallero. O atacante viu Weverton adiantado e mandou a bola perto do travessão.

Aos 33 minutos, nova chance de gol para o Tigre. Gabriel Menino errou o passe e deu a bola para Melivillo. O atacante tentou o chute cruzado e a bola passou perto do poste direito.

A equipe argentina seguiu mais perigosa e ficou perto do empate aos quatro minutos. Morales ganhou disputa pelo alto na área e a bola passou perto do travessão de Weverton.

A resposta do Palmeiras foi na finalização de fora da área. Dudu avançou pela esquerda e rolou para Ramires, que arriscou da intermediária e a bola acertou o travessão.

A situação do Tigre se complicou aos 15 minutos. Após disputa na área, Acuña acertou um chute no peito e Rony e recebeu o cartão vermelho direto.

Com um jogador a mais em campo, o Palmeiras retomou o controle das ações da partida. Weverton conseguiu lançamento do campo de defesa e Luiz Adriano dominou já adiantando a bola, mas Marinelli conseguiu dar um tapa na bola. Mas o rebote caiu nos pés de Rony, que com o gol aberto mandou por cima da meta.

O segundo gol do Palmeiras saiu aos 19 minutos. Rony recebeu na esquerda, cortou para o meio e tocou para Willian na entrada da área. O atacante ajeitou o corpo e finalizou no ângulo esquerdo de Marinelli.

O goleiro ainda salvou um gol do Palmeiras aos 26 minutos. Após tabela com Willian, Rony saiu na cara de Marinelli, mas finalizou em cima do arqueiro.

No minuto seguinte, o árbitro Wilmar Roldán não marcou uma penalidade para o Palmeiras. Dudu lançou Willian na área, fintou Marinelli, mas o goleiro deu um tapa no pé do atacante. Roldán não assinalou infração na jogada.

Willian ainda ficou perto de marcar o terceiro gol do Palmeiras aos 37 minutos. Marinelli fez o corte parcial em lançamento para Rony e a bola sobrou para o atacante, que quase na linha de fundo, mandou para o gol e acertou o travessão.

Previous ArticleNext Article