Paraná bate o Joinville em seu último treino antes da Primeira Liga

O Paraná venceu o seu último teste antes de enfrentar o Avaí, na estreia da Primeira Liga, na Vila Capanema., no próximo..

Redação - 18 de janeiro de 2017, 18:01

O Paraná venceu o seu último teste antes de enfrentar o Avaí, na estreia da Primeira Liga, na Vila Capanema., no próximo dia 25. Utilizando equipe distintas em cada uma das etapas do jogo-treino, o Paraná derrotou o Joinville por 3x2, no CT Racco - Ninho da Gralha. “Foi uma boa movimentação. Ainda há muito a ser corrigido, mas vivemos um momento de evolução em todos os fundamentos”, analisou o técnico Wagner Lopes.

Em relação ao jogo da semana passada, contra o mesmo Joinville, Wagner Lopes promoveu duas mudanças. Renatinho e Matheus Carvalho entraram nas vagas de Ítalo e Jonas Pessalli. “Ainda estamos fazendo observações. Não significa que esse time que iniciou o jogo-treino será o mesmo que enfrentará o Avaí. Temos uma semana pela frente”, avisou Wagner. O Paraná iniciou a atividade com Léo; Diego Tavares, Airton, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela, Alex Santana, Renatinho e Matheus Carvalho; Vitor Feijão e Yan Philippe.

Após perder boas oportunidades com Matheus Carvalho e Yan Philippe, o Paraná abriu o placar aos 16 minutos. Vitor Feijão fez a jogada pela direita e bateu cruzado, Jhonatan deu rebote e Yan Phelippe não perdoou. Só que o Joinville chegou ao empate dez minutos depois. Na cobrança de falta de Lúcio Flávio, Danrlei subiu e conferiu de cabeça: 1x1. O Tricolor ainda teve a chance de novamente ficar à frente, mas no chutaço de Vitor Feijão, Jhonatan fez boa defesa.

Na etapa complementar, Wagner Lopes trocou os onze jogadores. O Paraná entrou em campo com Marcos; Júnior, Artur Jesus, Rayan e Dias; Gabriel Dias, Diego Canuto, Zezinho e Jonas Pessalli; Ítalo e Bruno Cantanhede. Com uma boa transição ofensiva – em especial nas jogadas de Ítalo – o Tricolor criou boas oportunidades de gol. Mas, só conseguiu ficar à frente no marcador aos 21 minutos. No cruzamento da esquerda, Ítalo ganhou do goleiro no alto e mandou pra rede.

O Paraná ampliou aos 45 minutos, quando Bruno Cantanhede foi derrubado na área. Pênalti, que Jonas Pessalli conferiu, com categoria. O Joinville só reagiu no último minuto, em cobrança de escanteio. Zezinho tentou cortar e fez contra. Placar final: 3x2. “Vamos melhorar a nossa bola parada. É só um ajuste para a melhor ocupação dos espaços. No geral, gostei do teste e do comportamento do time”, disse Wagner Lopes. “Os jogadores ainda sentem o ritmo forte da pré-temporada, mas já vi boas variações táticas, que serão importantes no transcorrer das competições”, concluiu o treinador paranista.

Com Assessoria