Paraná Clube chega a 81% de chance de rebaixamento para a Série D

Pedro Melo

Paraná Clube matemática rebaixamento Série C Campeonato Brasileiro

O Paraná Clube ficou em situação ainda mais complicada na Série C após a derrota no confronto direto para o Figueirense por 2 a 0. Com a sétima derrota em 12 jogos, o Tricolor segue na zona de rebaixamento e tem apenas seis partidas para reverter a situação.

De acordo com o site Chance de Gol, o Paraná Clube chegou a 81% de chance da queda inédita para a quarta divisão. O Tricolor tem apenas nove pontos, três a menos que o São José-RS e sete que o Figueirense.

“Temos condições de ter uma equipe forte dentro de campo, que vai lutar bravamente contra adversários em momentos melhores que nós. Mas o fato de saber que depende só da gente, não dos outros, me dá mais reforço para o dia a dia. É de cima para baixo as situações, queria esse reforço, não somente de atletas, mas de uma situação mais positiva”, declarou Silvio Criciúma, em entrevista à rádio Banda B.

LEIA TAMBÉM: Paraná Clube rescinde contrato com zagueiro e atacante; veja o elenco completo

A reportagem do Paraná Portal fez um levantamento da pontuação dos times que terminaram em 8º lugar dos grupos, ou seja, o primeiro fora da zona de rebaixamento, desde que a Série C dividiu os participantes em duas chaves em 2012. A menor pontuação foi do Guaratinguetá, que somou apenas 16 pontos em 2016. Já o Cuiabá precisou de 30 pontos para evitar a queda em 2012.

Apesar da situação complicada, o Paraná Clube já pode sair da zona de rebaixamento na próxima rodada. Para isso, precisa vencer o Ituano, no sábado (21), às 19h, na Vila Capanema, e torcer por uma derrota do São José. O time gaúcho joga antes, às 11h, diante do Novorizontino, no interior de São Paulo.

CONFIRA A PONTUAÇÃO MÍNIMA DOS TIMES QUE SE SALVARAM NA SÉRIE C DESDE 2012

2020 – Botafogo-PB (20) e Criciúma (19)
2019 – Treze (19) e Boa Esporte (20)
2018 – ABC (21) e Volta Redonda (20)
2017 – Botafogo-PB (21) e Bragantino (21)
2016 – Salgueiro (21) e Macaé (16)
2015 – Salgueiro (19) e Guaratinguetá (16)
2014 – Águia de Marabá (20) e Caxias (22)
2013 – Cuiabá (30) e Madureira (19)*
2012 – Cuiabá (20) e Mandureira (23)

* CRAC se salvou 17 pontos após a punição do Betim, punido pelo STJD por entrar na Justiça Comum antes de buscar recurso em todas as esferas esportivas

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="783797" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]