Paraná Clube e Athletico empatam e seguem vivos por uma vaga na semi

Francielly Azevedo

O placar não foi um banho de água fria como a chuva que caia na Vila Capanema, mas também não foi para ser amplamente comemorado pelas duas equipes. Neste domingo (3), o Paraná Clube empatou com o Athletico, em 1 a 1, pela 5ª rodada da Taça Barcímio Sicupira. Com o resultado, as duas equipes ainda permanecem vivas na briga por uma vaga na semifinal, mas agora com a vida mais complicada.

O Tricolor dominou as ações desde o início. Apostando na forte marcação, os donos da casa não davam chances para o rubro-negro respirar e tentar sair para as jogadas.

Firme, a equipe paranista não demorou para balançar as redes. Aos 11, Fernando Neto recebeu e cruzou. A bola passou pelo goleiro Léo e terminou nos pés de Jenison, que mandou para o fundo do gol.

O jogo passou a ficar enroscado, com distribuição de cartões amarelos. Aos 29, o Tricolor quase ampliou. Na furada de Eder, que chutou o chão, Jenison ficou com a bola e arriscou, mas Léo defendeu.


Já no finzinho da primeira etapa, o rubro-negro até tentou. João Pedro passou para Bergson, que girou e deixou com Marquinho. O jogador chegou chutando. Só que Thiago Rodrigues não deixou passar.

Na volta do intervalo, o Paraná seguiu com a mesma postura ofensiva, aproveitando o espaço deixado pelo Athletico.

Percebendo a situação e precisando correr atrás do prejuízo, o rubro-negro passou a levar um pouco mais de perigo. Chegou com Matheus Anjos, Bruno Rodrigues e Bergson. Porém, nenhum conseguiu concluir para o fundo das redes.

Depois de tanto insistir, aos 37, saiu o gol de empate. Bruno Rodrigues fez o passe e Matheus Anjos bateu firme. Thiago Rodrigues deu o rebote e Vitinho completou para deixar tudo igual.

Aos 48, o Athletico ficou com um a menos, após a expulsão de Erick. Sem mais tempo, as equipes não mudaram o placar.

COMO FICA

Com o resultado, o Paraná Clube soma seis pontos, na terceira posição do Grupo B. Enquanto o Athletico tem cinco pontos, na quinta posição do Grupo A. A vaga na semifinal será mais difícil, mas não impossível. Para isso é necessário vencer e torcer por tropeços dos concorrentes diretos.

Na próxima e última rodada da fase de grupos da Taça Barcímio Sicupira, o Tricolor encara o Londrina, no domingo (10), às 17h, no Estádio do Café. Já o Furacão recebe o Cianorte, no mesmo dia e horário, na Arena da Baixada.

Antes disso, o Paraná Clube tem compromisso na Copa do Brasil, na quarta-feira (6), às 21h30, contra o Itabaiana, em Aracaju (SE).

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook