Paraná Clube lida com ansiedade pelo primeiro gol na Série D

Para conquistar a primeira vitória na Série D, o Paraná Clube precisa resolver o problema da falta de gols. O Tricolor tem apenas cinco gols em 14 jogos no ano.

Pedro Melo - 29 de abril de 2022, 13:45

(Oscar Felipe/Paraná Clube)
(Oscar Felipe/Paraná Clube)

Para conquistar a primeira vitória na Série D, o Paraná Clube precisa resolver o problema da falta de gols. O Tricolor empatou nas duas primeiras rodadas da Série D do Campeonato Brasileiro em 0 a 0 com Oeste e São Bernardo, e é um dos dois times que ainda não balançou a rede no Grupo A7.

O técnico Omar Feitosa admitiu que a falta de gols no início da quarta divisão gera ansiedade aos jogadores. "Gera ansiedade, mas nada que o atleta não saiba lidar. A gente tem treinado, o jogador tem que saber que está sendo bem treinamento. Jogador tem que se responsabilizar pelo que faz em campo e nós temos que nos responsabilizar pelo jogo. Isso não pode ser uma carga e não pode trazer ansiedade", comentou.

"Se estamos treinados, sabemos o que temos que fazer e a qualidade para fazer, a responsabilidade tem que ser motivo de leveza e não de peso. Temos conversado a respeito disso, são apenas dois jogos, e a expectativa é marcar gol e fazer um bom jogo contra o Nova Iguaçu", acrescentou o treinador.

Se levar em consideração também o Campeonato Paranaense e a Copa do Brasil, o Tricolor marcou apenas cinco gols em 14 partidas. Porém, o treinador paranista não leva em consideração o que aconteceu antes da Série D e ressaltou que houve uma reformulação depois do rebaixamento no estadual.

"A gente nem pensou nisso e nunca conversei com os atletas. Nós recomeçamos o futebol profissional do Paraná Clube a partir do momento que assumi. Não há peso nenhum do que aconteceu com o Paraná no estadual. É uma equipe nova, com atletas que permaneceram, mas renovados para essa competição", afirmou Feitosa.

Até o momento, 15 atacantes jogaram pelo Paraná Clube na temporada e apenas Ueslei Brito marcou um gol. Os outros 14 estão zerados no ano. São eles: Everton Brito, Pablo Thomaz, Tadeu, Romário Simões, Iacovelli, Ruan, Mikael, Talysson Lalau, Ruan, Thiaguinho, Carlos Henrique, Marcelinho, Rafael Silva e Milla. Os quatro últimos chegaram para a Série D.

O próximo jogo do Tricolor na Série D é contra o Nova Iguaçu, neste sábado (30), às 15h, no Laranjão.

AGENDA DO PARANÁ CLUBE

  • Nova Iguaçu - sábado (30/04), às 15h, no Laranjão
  • Portuguesa-RJ - domingo (08/05), às 16h, na Vila Capanema
  • Perólas Negras - domingo (15/05), às 15h, no estádio do Trabalhador
  • Cianorte - domingo (22/05), às 16h, no Albino Turbay
  • Santo André - domingo (29/05), às 16h, na Vila Capanema