Paraná Clube vence o FC Cascavel nos pênaltis e segue na Série D

Com recorde de público e renda, o Paraná Clube teve a chance da vitória no tempo normal com um pênalti desperdiçado pelo atacante Rafael Silva.

Vinicius Cordeiro - 30 de julho de 2022, 18:19

(Foto: Igor Barrankievicz/ Comunicação PRC)
(Foto: Igor Barrankievicz/ Comunicação PRC)

No sufoco e com emoção até o fim, o Paraná Clube venceu o FC Cascavel por 5 a 4 na disputa de pênaltis e se classificou para as oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Durante o tempo normal, o placar ficou no 0 a 0 - mesmo resultado do jogo de ida

A cobrança final foi desperdiçada pelo atacante Léo Itaperuna, ex-jogador do Paraná. O goleiro Felipe, conhecido nacionalmente pela passagem no Corinthians, virou herói paranista ao defender o arremate

DISPUTA DE PÊNALTIS ELETRIZANTE

Dirceu, Kadu, Rafael Silva anotaram as cobranças paranistas, mas o goleiro André Luiz defendeu os chutes de Evandro e Iacovelli. 

Do outro lado, Robinho, Willian Gomes e Lucas Coelho anotaram, mas Rodrigo Alves errou e o goleiro Felipe defendeu a cobrança final de Gama, que daria a classificação ao Cascavel.

Nas cobranças alternadas, mais emoção: Lucas Oliveira e Giaretta marcaram na primeira rodada. Jean Felipe colocou o Paraná Clube em vantagem e Felipe defendeu a penalidade de Léo Itaperuna. 

PARANÁ PERDE PÊNALTI NO TEMPO NORMAL

O que frustrou a torcida paranista foi o erro do atacante Rafael Silva. O camisa 9 pegou muito embaixo da bola e desperdiçou uma penalidade no início do segundo tempo. O time até pressionou nos minutos finais, mas só conquistou a classificação nas penalidades.

Agora o Paraná Clube inicia os trabalhos para as oitavas de final. O time comandado por Omar Feitosa deve encarar o Pouso Alegre, que vai vencendo o Operário de Várzea Grande por 2 a 0. As datas dos confrontos ainda serão confirmados pela CBF.

PARANÁ SEGUE VIVO EM BUSCA DA SÉRIE C

A classificação para as oitavas de final da Série D também significou a manutenção da esperança de disputar uma competição nacional em 2023.

Se fosse eliminado pelo FC Cascavel, o Paraná Clube só voltaria a campo em abril do ano que vem para disputar a Segunda Divisão do Campeonato Paranaense. Ou seja, seriam oito meses de inatividade. 

Já que os clubes se classificam para a Série D pelos Estaduais, o Tricolor poderia ficar de fora das quatro divisões nacionais até 2025. 

Contudo, a classificação às oitavas mantém as esperanças do Paraná Clube de ser um dos quatro semifinalistas da Série D e conquistar o acesso. 

RECORDE DE PÚBLICO

Com 13.069 pessoas na Vila Capanema, o Tricolor bateu o recorde de público nesta Série D. Antes disso, o recorde eram 6.523 torcedores na vitória por 1 a 0 sobre o Santo André, ainda na fase de grupo.

Além disso, a renda dessa partida, de R$ 346.660,00, foi duas vezes maior que a premiação (R$ 150 mil) pela classificação ao mata-mata. 

PARANÁ CLUBE 0 (5) x (4) 0 FC CASCAVEL

Segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro

Data, horário e local: sábado (30/07/2022), às 16h, na Vila Capanema, em Curitiba. 

Público e renda: 11.602 pagantes/13.069 pessoas e R$ 346.660,00.

Cartões amarelos: Moisés Gaúcho (PRC); Victor Daniel e Líbano (FCC).

Paraná Clube: Felipe; Lucas Buchecha (Evandro), Franklin, Dirceu e Rael; Moisés Gaúcho (Kadu), Lucas Oliveira e Albano (Iacovelli); Marcelinho (João Felipe), Everton Brito (Uéslei Brito) e Rafael Silva. Técnico: Omar Feitosa.

FC Cascavel: André Luiz; Libano, Jacy, Willian, Fernando e William Simões (Giaretta); Michel, Gama e Robinho; Victor Daniel (Léo Itaperuna) e Lucas Coelho. Técnico: Tcheco.

Arbitragem: Grazianni Maciel Rocha (RJ) foi auxiliado por Michael Correia (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ).