Paraná Clube goleia lanterna Oeste, volta a vencer depois de 42 dias e encosta no G-4 da Série B

Rafael Nascimento


O Paraná Clube fez o dever de casa e teve tranquilidade para golear o frágil Oeste por 4 a 0, na noite desta segunda-feira (26) na Vila Capanema, em Curitiba, pelo encerramento da 18ª rodada da Série B do Brasileiro.

Salazar abriu o caminho da vitória no primeiro tempo, enquanto Paulo Henrique e Bruno Gomes, duas vezes, consolidaram a goleada na etapa final.

O resultado foi muito celebrado pelos lados da Vila Capanema, já que o Tricolor volta a vencer depois de sete jogos, ou 42 dias: o último triunfo paranista havia acontecido no dia 14/09, ainda pela 10ª rodada (2 a 1 sobre o CRB).

Com os três pontos garantidos, o Paraná Clube sobe para a 5ª colocação, com 28 pontos – mesma pontuação do Juventude, time que fecha o G-4. O time de Caxias do Sul, entretanto, leva vantagem no saldo de gol.

Já o Oeste permanece afundado na zona de rebaixamento e segue como lanterna da Série B, com sete pontos e 13% de aproveitamento.

O time do técnico Allan Aal volta a campo já na sexta-feira (30), fora de casa, contra o Cruzeiro. A partida está marcada para as 21h30, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. No dia seguinte, às 16h30, o Oeste recebe o Sampaio Corrêa na Arena Barueri, em Barueri.

TRICOLOR DOMINA E VOLTA A VENCER DEPOIS DE 42 DIAS

Sem vencer desde o dia 14 de setembro, não havia cenário mais favorável ao Paraná Clube enfim retomar o caminho das vitórias que a partida desta noite contra o Oeste. Afinal de contas, além de jogar em casa a equipe encarava o lanterna da competição, time de pior ataque e a pior defesa do campeonato e que havia somado uma única vitória em 17 jogos.

Propondo o jogo, o Tricolor levou perigo logo no começo do jogo com Paulo Henrique, mas o goleiro Caíque França espalmou para escanteio o chute cruzado do lateral. Após a cobrança, aos 6, a bola sobrou limpa para o zagueiro Salazar, que escorou para as redes com um biquinho: 1 a 0.

Gol do zagueiro Salazar abriu o caminho para a goleada tricolor. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

As principais investidas do Paraná se davam pelos lados do campo. Paulo Henrique serviu Renan Bressan, mas o chute parou na marcação. Pela esquerda, Jean Victor encontrou Bruno Gomes na área, mas a cabeçada parou no travessão do Oeste.

O Oeste tinha dificuldades de trocar passes e sair para o jogo, e o goleiro Marcos só foi trabalhar aos 44, após cobrança de falta sem perigo de Mazinho. 

Renan Bressan, ainda no primeiro tempo, balançou o travessão de Caíque França com um chutaço de fora da área.

Precisando somar pontos, o técnico Roberto Cavalo foi para o tudo ou nada no segundo tempo e trocou um zagueiro por um meia ofensivo. Com maior presença no campo de ataque, o Oeste chegou com Diogo, em finalização da entrada da área, aos 4, mas a bola foi pra fora.

O time paulista cresceu no jogo e voltou a assustar, desta vez com Mazinho e depois com Nilton.

Só que as chances de reação do Oeste foram praticamente encerradas em uma cobrança de lateral errada de Éder Sciola. O Paraná recuperou a posse de bola e partiu em contra-ataque. Bruno Gomes serviu Paulo Henrique, que invadiu a área e chutou cruzado para ampliar o placar: 2 a 0.

Bruno Gomes aproveitou o rebote do goleiro e, na cara do gol, anotou o terceiro do tricolor, aos 24. O camisa 9 também teve tranquilidade para bater rasteiro e consolidar a goleada em 4 a 0.

Homem-gol tricolor, Bruno Gomes guardou dois contra o Oeste e chegou a seis gols na Série B. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Previous ArticleNext Article