Paraná completa dois meses sem perder e comemora vice-liderança da Série B

A 11.ª rodada da Série B foi quase perfeita para os clubes paranaenses. Coritiba, Londrina e Paraná Clube venceram seus ..

Vinicius Cordeiro - 25 de julho de 2019, 06:00

PR - SERIE B - PARANA X OPERARIO  - ESPORTES - Festa da torcida na entrada dos times durante a partida válida pelo  Campeonato Brasileiro - Serie B no estádio Durival Britto em Curitiba nesta terça-feira, (11). Foto: Geraldo Bubniak /AGB
PR - SERIE B - PARANA X OPERARIO - ESPORTES - Festa da torcida na entrada dos times durante a partida válida pelo Campeonato Brasileiro - Serie B no estádio Durival Britto em Curitiba nesta terça-feira, (11). Foto: Geraldo Bubniak /AGB

A 11.ª rodada da Série B foi quase perfeita para os clubes paranaenses. Coritiba, Londrina e Paraná Clube venceram seus jogos, enquanto o Operário empatou fora de casa. No entanto, é o Tricolor quem mais chama a atenção atualmente.

O time paranista emplacou cinco vitórias seguidas, não perde há seis jogos e é o atual vice-líder. O último revés foi no dia 25 de maio, ou seja, há exatamente dois meses atrás.

Em questão de momento, o Sport é o clube que mais se aproxima do Paraná. São cinco jogos sem perder, mas, por outro lado, os últimos resultados foram três empates. Além disso, a diferença é que os pernambucanos estão na oitava colocação, com 18 pontos.

Curiosamente, o Leão da Ilha do Retiro é justamente o próximo adversário paranista. O jogo acontece nesta sexta-feira (26), às 21h30, na Vila Capanema.

CONFIANÇA

O que mais impressiona é que a equipe cresceu após o triunfo no clássico contra o Coxa, dentro do Couto Pereira, antes da parada da Copa América.

Desde então, mesmo sem ter jogado bem todos os jogos, venceu os quatro confrontos. Derrotou o Operário e o líder Bragantino na Vila Capanema e bateu Brasil de Pelotas e Figueirense como visitante.

Aliás, o Paraná tem o segundo melhor desempenho da competição atuando fora de casa. São três vitórias, um empate e uma derrota.

Além disso, vale ressaltar que o clube conta com o oitavo elenco mais valioso desta Série B. O plantel é avaliado € 10,55 milhões pelo site tranfermkt, cinco milhões de euros a menos que o rival Coritiba.

Isso é: mesmo sem ter o grupo mais qualificado, a equipe é a segunda melhor colocada. O fato comprova que o clube, comissão e atletas vão fazendo um trabalho sério.

EMPOLGAÇÃO

Para ter noção da boa campanha deste ano, é preciso lembrar duas últimas temporadas. Hoje, o aproveitamento do Tricolor é de 66,6%. Porém, em 2017, o Paraná subiu para a Série A com 56,1% de aproveitamento. Já no ano passado, o Goiás foi o quarto lugar com 53%.

Ou seja, os números podem animar o torcedor. Ainda mais se a torcida analisar o resto dos rivais que falta enfrentar neste turno. Dos sete adversários, mas apenas dois (Sport e Londrina) são rivais diretos pelo G4.

Depois disso, encara três equipes que brigam contra o rebaixamento - América-MG, Vitória e São Bento. Por fim, fecha o turno contra Atlético-GO e Criciúma, clubes na intermediária da classificação.

O maior desafio do técnico Matheus Costa é não deixar o grupo se abalar. Uma derrota pode significar oscilação. E a irregularidade pode matar as chances do Paraná Clube retornar à elite do futebol brasileiro.