Em jogo sem emoção, Paraná Clube e Rio Branco empatam sem gols

Francielly Azevedo

rio branco x paraná clube

Em um jogo sem muita inspiração, o Paraná Clube empatou sem gols com o Rio Branco, neste domingo (19), no Estádio Estradinha, em Paranaguá, no litoral do estado. Sem sincronia entre os atletas, o Tricolor bateu cabeça e viu o Rio Branco protagonizar a maioria das jogadas de perigo.

O Rio Branco mostrou mais vontade e até foi para cima do Tricolor, mas pecou nas finalizações. Com Vinicius Balotelli, teve as melhores chances da partida.

Já o Paraná Clube, vivendo momentos de incerteza extracampo, não conseguiu se impor e ser produtivo. Para amenizar a situação, teve a boa atuação do goleiro Alisson nas poucas investidas do Leão.

Na próxima rodada o Tricolor encara o Cascavel CR, no Olímpico Regional, no oeste do estado, na quinta-feira (23), às 19h30. No mesmo dia, às 20h, o Rio Branco visita o Coritiba, no Couto Pereira.

O JOGO

O Rio Branco iniciou a partida comandando o jogo. Com mais posse de bola, o Leão da Estradinha tentou se impor em casa. Aos 12, Balotelli quase abriu o placar com um chute forte de fora da área, mas o goleiro Alisson mandou para escanteio.

Inspirado, Balotelli dava trabalho para defesa do Paraná Clube. Aos 23, o jogador parou novamente em outra boa defesa de Alisson.

O Paraná Clube conseguiu seu primeiro escanteio no jogo só aos 40 minutos da primeira etapa. Juninho mandou para a área, mas o goleiro Dalton deu um soco e mandou para longe.

Na volta do intervalo, o Tricolor novamente teve que se livrar das investidas do Leão. Para felicidade do Paraná, aos 20 os donos da casa tiveram um gol anulado. Após escanteio cobrado pelo Rio Branco, Willian desviou e Felipe Nunes mandou para o fundo do gol. Mas o árbitro pegou impedimento do atacante e anulou o arremate.

A equipe tricolor batia cabeça em diversas oportunidades. Em uma delas, o Paraná avançou pela esquerda e o cruzamento na área ficou na frente de Andrey e Rafael Furtado, mas ninguém foi na bola. A defesa do Leão só teve o trabalho de tirar para longe.

No fim do jogo, o árbitro deu cinco minutos de acréscimo, porém não foi suficiente para despertar as equipes, que pouco fizeram e terminaram com o placar zerado.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.