Paraná Clube tem 83% chance de rebaixamento e encara ‘decisão’ na Série C

Pedro Melo

Paraná Clube chance rebaixamento Série C São José-RS

O Paraná Clube chegou ao sexto jogo sem vencer na Série C com o empate em 1 a 1 contra o Ituano e já tem 83% de chance de queda para a quarta divisão, segundo o site Chance de Gol. Mesmo assim, o Tricolor ainda depende apenas de seus próprios resultados e pode deixar a zona de rebaixamento já na próxima rodada.

A próxima partida do time paranista é o confronto direto com o São José-RS, no domingo (29), às 18h, em Porto Alegre. A equipe gaúcha é a oitava colocada do Grupo B, com 13 pontos, enquanto o Paraná é o penúltimo, com 13. Para sair da zona de rebaixamento, o Tricolor tem que ganhar por dois gols de diferença.

“Estamos vivos na competição no que diz respeito a sair da zona de rebaixamento. Vamos para um confronto direto. O que me deixa esperançoso é que a equipe deu uma resposta positiva dentro de casa. Depois da partida contra o São José-RS, onde podemos empatar em pontos, vamos para dois jogos em casa. Ainda tem muita coisa para acontecer na competição”, afirmou o técnico Silvio Criciúma, em entrevista coletiva.

“Tem a questão de saldo de gols, mas acredito, diante do quadro negativo de colocação na tabela, a gente tem que arrastar rodada a rodada com o nosso adversário no alvo. E num momento oportuno, tomara que seja no confronto direto, a gente poder tomar a frente”, acrescentou o treinador paranista.

Após a partida com o São José-RS, o Paraná Clube ainda tem mais quatro partidas até o fim da fase de classificação na Série C . Os jogos são diante de Criciúma, Mirassol e Oeste, na Vila Capanema, e Novorizontino, no interior de São Paulo.

PONTUAÇÃO PARA O PARANÁ CLUBE ESCAPAR DO REBAIXAMENTO

A reportagem do Paraná Portal fez um levantamento da pontuação dos times que terminaram em 8º lugar dos grupos, ou seja, o primeiro fora da zona de rebaixamento, desde que a Série C dividiu os participantes em duas chaves em 2012. A menor pontuação foi do Guaratinguetá, que somou apenas 16 pontos em 2016. Já o Cuiabá precisou de 30 pontos para evitar a queda em 2012.

No ano passado, Botafogo-SP e Criciúma, os dois times que ficaram logo acima da zona de rebaixamento, somaram 20 e 19 pontos, respectivamente. A tendência é que a média seja parecida para a atual temporada. Ou seja, o Paraná Clube precisa de mais três vitórias e um empate nas últimas cinco rodadas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="785262" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]