Paraná Clube bate a Portuguesa e vence a primeira na Série D

Confira o resultado e a ficha técnica do jogo entre Paraná Clube e Portuguesa-RJ, válido pela quarta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Redação - 08 de maio de 2022, 17:58

(Divulgação/Paraná Clube)
(Divulgação/Paraná Clube)

O Paraná Clube venceu pela primeira vez na Série D do Campeonato Brasileiro 2022 neste domingo (8). O Tricolor aplicou um 2 a 0 sobre a Portuguesa-RJ e conquista mais moral para buscar o retorno à Série C.

4.374 pessoas acompanharam o triunfo paranista na Vila Capanema, em Curitiba. 

Os gols foram marcados no primeiro tempo. Logo aos cinco minutos, Everton Brito encontrou Carlos Henrique e o atacante completou para o fundo das redes.

O segundo gol saiu aos 35. Everton recebeu lançamento e cruzou para Marcelinho, na segunda trave, escorar firme.

TABELA E PRÓXIMOS JOGOS

Com o resultado, o Tricolor chega aos seis pontos e sobe para a segunda posição do Grupo 7 da Série D. A Portuguesa, com três pontos, cai para o último lugar da chave.

O Paraná Clube se prepara agora para enfrentar o Pérolas Negras no próximo domingo (15), às 15h, no estádio Trabalhador, em Resende.

Já a Portuguesa vai encarar o Corinthians pelo duelo decisivo da terceira fase da Copa do Brasil. O jogo acontece na quarta-feira (11), às 21h30, na NeoQuímica Arena, em São Paulo. 

FICHA TÉCNICA - PARANÁ CLUBE 2 x 0 PORTUGUESA

Data, horário e local: domingo (08/05/2022), às 16h, na Vila Capanema, em Curitiba (PR).

Gols: Carlos Henrique e Marcelinho.

Cartões amarelos: Vinicius Kiss (PRC); Jefferson, Sidney, Luan e Leandro Amaro (POR). 

Paraná Clube: Felipe; André Krobel, Franklin, Odivan e César Morais; Moisés Gaúcho, Vinícius Kiss (Lucas Buchecha) e Marcelinho (Gui Nascimento); Rafael Silva (Iacovelli), Carlos Henrique (Ueslei Brito) e Everton. Técnico: Omar Feitosa.

Portuguesa: Paulo Henrique; Luiz Gustavo, Marcão, Leandro Amaro e Jefferson (Joazi); Sidney, Jhonnatan, Skilo (Pernão) e Andrezinho (Pimenta); Luan (Kayron) e Cafú (Patrick). Técnico: Felipe Surian.

Arbitragem: Francisco Soares Dias (SC) foi auxiliado por Weber Felipe Silva (PR) e Gustavo Nogas (RJ).