Paraná desafia reservas do Grêmio por sobrevida no Brasileirão

Roger Pereira


Com jogo marcado para terça-feira, na Argentina, contra o Tucumán, pelas quartas de final da Libertadores, o Grêmio colocará um time todo reserva na tarde deste sábado para partida da 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Paraná Clube. Bom para o Tricolor paranaense, que precisa, desesperadamente, voltar a vencer se ainda sonha em permanecer na primeira divisão.

Mas o time reserva gremista, com jogadores como Bressan, Cícero e Douglas, entre outros, vem conseguindo bons resultados quando escalado por Renato Gaúcho, o que mantém a equipe entre as seis melhores do Brasileirão, mesmo dividindo as atenções entre duas competições. Assim, mesmo com o time reserva, os gaúchos são apontados como favoritos para o jogo.

O técnico Claudinei Oliveira tenta deixar de lado esse favoritismo gaúcho e concentra seu pensamento e dos atletas numa evolução natural da equipe, minimizando erros e tentando ser mais efetivo no ataque.

“Temos feito bons jogos. Acredito que todos têm visto isso. Mas, não adianta fazer partidas equilibradas, sem resultado. Vencer é fundamentalpara sairmos dessa”, disse o atacante Rafael Grampola. O jogador acredita que o grupo está mobilizado para essa missão, mesmo sabendo que jogam contra os números que conferem ao Tricolor apenas 1% de possibilidades de fuga do rebaixamento. “Não vamos ficar olhando para números e, sim, concentrar naquilo que precisamos fazer em campo”, disse Grampola.

No jogo desta tarde, o técnico Claudinei Oliveira não poderá ficar no banco. A equipe será comandada pelos auxiliares Luciano Gusso e Ademir Fesan, pois o treinador foi expulso pelo péssimo árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva-PA, na partida frente ao Santos. A equipe terá pelo menos uma mudança, com o possível retorno de Leandro Vilela, após cumprir suspensão automática. Resta saber quem sai. A comissão técnica não antecipou a formação nem a estratégia de jogo que será adotada. “Precisamos ter um time equilibrado. Vamos atrás da vitória, mas com organização e todos batalhando juntos”, concluiu Grampola.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="553883" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]