Paraná vence confronto direto e encaminha acesso

Roger Pereira


Era uma “final antecipada”. E teve todos os contornos de uma decisão. A partida entre Paraná Clube e Vila Nova, na noite desta terça-feira, na Vila Campena, foi dramática. No encontro do quarto com o quinto colocado, valendo a posição no G-4, o Paraná não jogou bem, não repetiu suas recentes atuações em casa, mas conquistou uma das vitórias mais importantes desta reta final de Série B. Bateu o time goiano por 1  a 0 alcançou a vice-liderança da competição e abriu cinco pontos para o quinto colocado.

O primeiro tempo foi de sufoco. Teve bola na trave e milagre de Richard, para garantir que o Tricolor fosse para o intervalo com a partida ainda empatada. Aos 25 minutos, depois de boa trama ofensiva, Alan Mineiro recebeu na entrada da área e bateu colocado, no ângulo. Richard foi buscar, numa excelente defesa. Aos 40, em novo arremate de meia distância, o chute de Alípio passou raspando na trave. O Paraná até teve maior posse de bola e chegou mais vezes ao ataque, mas nenhuma com tanto perigo.

Na segunda etapa o Tricolor veio melhor, teve as principais oportunidades, mas o 0 a 0 não saía do placar, um resultado que não era de todo ruim, uma vez que o Paraná manteria a posição, sem sair do grupo de acesso. Mas, aos 30 minutos, apareceu um herói improvável. Felipe Alves, que entrara no lugar de Alemão, aproveitou um corte mal feito da zaga goiana num cruzamento pela direita, dominou e, com calma, finalizou no contra-pé do goleiro Luis Carlos. Depois do gol paranista, só deu Vila, que fez de tudo para buscar o empate, mas a defesa tricolor se portou bem e segurou o resultado, dando um passo gigante rumo à primeira divisão.

Com a vitória, o Paraná pulou para a segunda posição, ao menos temporariamente, com 56 pontos, enquanto o Vila Nova ficou em quinto, com 51. Na pior das hipóteses, o Tricolor terminará a rodada com quatro pontos de vantagem para o quinto colocado, caso o Oeste vença o Brasil de Pelotas na sexta-feira.

Fora da briga

No outro jogo da noite, o Juventude, nono colocado, ficou no 0 a 0 com o vice-lanterna Náutico e praticamente deu adeus à disputa pelo acesso. A equipe gaúcha foi a 46 pontos, ficando nove atrás do quarto colocado, que agora é o Ceará, a apenas seis rodadas do fim da competição.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal