Paraná vira nos acréscimos e derrota o Náutico. Tubarão vacila no final

Redação


Mesmo abalado ainda com a morte de Jonas Pessali, na madrugada de segunda-feira, o Tricolor se superou e venceu o Náutico, de virada, por 2 a 1, na Arena Pernambuco, e se afastou da zona de rebaixamento, subindo provisoriamente para a décima posição com nove pontos. O Timbu se manteve na lanterna com dois pontos.

O Tricolor foi surpreendido logo aos cinco minutos, quando o goleiro Richard errou de forma bisonha a reposição de bola e Vinícius abriu o placar. O Paraná não se abateu e aos oito minutos Minho acertou um belo chute fora da área e empatou a partida.

O goleiro Richard voltou a ser exigido várias vezes durante a partida e se redimiu da falha no primeiro gol, principalmente aos 36 minutos finais quando salvou um gol certo de Erick, que já o havia driblado.

No final da partida, aos 46, Robson concluiu boa jogada pela direita e acertou o canto direito de Tiago Cardoso.

No final da partida, Cristian de Souza avaliou a partida. “Temos um grupo, ele não é grupo, temos muitos jogadores fora e temos jogado muito em função do desgaste, e hoje na nona partida não consegui repetir a mesma escalação e devemos colocar todo mundo em condições de jogar”, disse.

Em Londrina, o Tubarão vacilou no final da partida e conquistou apenas um ponto. O time londrinense abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo com Germano, porém levou o empate do Oeste aos 43 minutos da etapa final com um gol de Mazinho. O Londrina ocupa a décima colocação com nove pontos e o Oeste está na oitava colocação com dez pontos.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 1X2 PARANÁ

Local: Arena Pernambuco, Recife (PE)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP)
Público e renda: 1.170 total | R$ 11.290,00

Náutico: Tiago Cardoso; Joazi, Aislan, Feliphe Gabriel e Jeanderson; Amaral, Renan Paulino e Giovanni (Esquerdinha); Eirk, Geronimo (Iago) e Vinícius (Alison). Técnico: Waldemar Lemos.

Paraná: Richard; Cristovam, Wallace, Brock e Igor; Leandro Vilela (Jhony), Gabriel Dias, Guilherme Biteco (Matheus Carvalho) e Minho; Robson e Felipe Alves (Rafhael Lucas). Técnico: Cristian de Souza.

Gols: Vinícius, aos 5′ e Minho aos 8′ do primeiro tempo; Robson aos 46′ do segundo tempo.

Cartão amarelo: Aislan, Jeanderson, Erick e Leandro Vilela

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="436984" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]