Paranaense: FC Cascavel goleia Rio Branco, vai à semi e faz história

Rafael Nascimento


O FC Cascavel confirmou o favoritismo, goleou o Rio Branco por 5 a 0 nesta quarta-feira (22), no jogo de volta das quartas de final, e avançou à semifinal do Campeonato Paranaense.

O resultado é histórico para a equipe do Oeste do estado: além de se garantir entre os quatro melhores times do Estadual pela primeira vez, a Serpente Aurinegra carimbou vaga na Copa do Brasil de 2021.

Os gols foram marcados por Adenilson (22 do 1ºT), Lucas Tocantins (35 do 1ºT), Henrique (42 do 1ºT), Oberdan (7 do 2º T) e Sananduva (24 do 2º T).

Assim como na partida das quartas de final, no último final de semana, o jogo foi realizado com portões fechados por conta do protocolo de segurança devido à pandemia da covid-19.

Com o resultado, o FC Cascavel aguarda o vencedor do confronto entre Athletico ou Londrina, que se enfrentam nesta quinta-feira (23), para conhecer seu adversário na semifinal do Estadual.

Com apenas 12 atletas relacionados para a partida e um único reserva – o goleiro Rafael Betiol -, o Leão da Estradinha lutou, foi presa fácil e teve uma única chance ofensiva no jogo, contra 23 do adversário.

ATAQUE CONTRA DEFESA

Mandante na noite desta quarta-feira, o FC Cascavel entrou em campo no Olímpico Regional sob larga vantagem, depois de aplicar 3×0 no jogo de ida diante do Rio Branco. Apesar disso, a equipe do Oeste fez uma blitz na defesa do Rio Branco no inicio do jogo.

Logo no primeiro minuto, Lucas Tocantins girou bonito e carimbou o travessão. Na sequência do lance, Henrique empurrou para a rede, mas o gol foi anulado por impedimento. Dois minutos depois, Lucas Tocantins limpou a marcação e finalizou bonito, mas a bola passou foi pra fora.

O FC Cascavel seguiu abafando e aos 11 Adenilson arriscou de longe e deu trabalho para o goleiro Juninho. 

Com apenas 12 atletas relacionados para a partida e um único reserva – o goleiro Rafael Betiol -, o Leão da Estradinha se segurou como pode, mas não por muito tempo: aos 22 minutos, Adenilson recebeu de Oberdan e sem marcação só escorou para abrir o placar.

Com o domínio absoluto do jogo, o time da casa seguiu rondando o gol adversário. Aos 35 minutos, Lucas Tocantins arriscou da entrada da área e venceu o duelo contra o goleiro Juninho para ampliar o marcador: 2 a 0. Ainda na reta final da primeira etapa, aos 42, o goleiro Juninho defendeu chute à queima-roupa de Lucas Tocantins, mas no rebote Henrique marcou o terceiro.

FC CASCAVEL VALORIZA RESULTADO

Apesar de ter substituído o goleiro no intervalo, o FC Cascavel não tirou o pé na segunda etapa e por pouco não chegou ao quarto gol com Henrique logo no primeiro lance, mas o goleiro Juninho salvou.

O 4×0 viria com Oberdan, aos 7 minutos: com categoria, Lucas Tocantins serviu de calcanhar o camisa 8 de calcanhar, que só escolheu o canto.

Com a classificação consolidada e já pensando na semifinal, o técnico Marcelo Caranhato promoveu alterações, e com uma delas veio o quinto gol: aos 24, Sananduva, que acabara de entrar, correu para a área e cabeceou, sem chances para Juninho.

Sem chances de reverter o placar, Amauri Knevitz ainda teria tempo para colocar em campo seu único suplente, o goleiro Rafael Bertiol.

HOMEM-GOL E ARTILHEIRO DO PARANAENSE

Com o gol marcado ainda no primeiro tempo da partida dessa quarta-feira, Lucas Tocantins chegou a seis gols na competição e igualou a marca de Pedrinho, do Athletico, como artilheiro do Campeonato Paranaense. 

No entanto, a tendência é que o jogador athleticano, que pertence ao time de aspirantes, não seja mais escalado na competição, já que o time da Capital vem utilizando a equipe principal na fase final do Estadual. Tocantins, por sua vez, terá mais ao menos dois jogos para tentar se isolar na artilharia da competição.

Lucas Tocantins chega a 6 gols e é um dos artilheiros do Paranaense 2020. Foto: Divulgação/FC Cascavel

FICHA TÉCNICA

Campeonato Paranaense 2020

Quartas de final – jogo de volta

FC Cascavel 5×0 Rio Branco

Horário: 18h

Local: Estádio Olímpico Regional, em Cascavel

Gols: Adenilson (22 do 1ºT), Lucas Tocantins (35 do 1ºT), Henrique (42 do 1ºT), Oberdan (7 do 2º T) e Sananduva (24 do 2º T).

Arbitragem: Robson Babinski, com auxílio de Wagner Junior Bonfim Ledo e Andrey Luiz de Freitas

FC Cascavel: Raul (Ricardo); Libano, Afonso, Marcel e Quaresma (Douglas Mendes); Duda (Sananduva), Oberdan e Adenilson; Henrique, Lucas Tocantins e Magno. Técnico: Marcelo Caranhato

Rio Branco: Juninho (Rafael Bertiol); Luis Roberto, Paulo Henrique, Thuram e Pedro Müller; Arroyo, Vitor Bill, Kaio Wilker e Felipe Nunes; Bruno Andrade e Ratinho. Técnico: Amauri Knevitz

Previous ArticleNext Article