Paranaense será a primeira árbitra na Série A em mais de uma década

Redação

Após quase 14 anos, uma mulher voltará a apitar um jogo de futebol da Série A do Brasileirão. A escolhida para o feito histórico é a paranaense Edina Alves. A árbitra vai comandar a partida entre CSA e Goiás na próxima segunda-feira (27), no estádio Rei Pelé, em Maceió.

A última partida da Série A, arbitrada por uma mulher, foi em 2005 no duelo entre Fortaleza e Paysandu pelo segundo turno. A responsável pelo jogo foi Silvia Regina, que acompanhará de perto o confronto, já que será a supervisora do VAR (árbitro de vídeo).

Para o presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba, a escalação de Edina para a partida é um marco merecido pela árbitra, que é de Goioerê, no noroeste do Paraná. A Edina era bandeira, abriu mão do escudo da FIFA, de árbitra internacional, porque tinha o sonho de ser árbitra central. Então, ela voltou às categorias de base, começou a apitar na base, largando o escudo internacional de auxiliar. Ela já conseguiu alcançar o quadro internacional como árbitra central e, hoje, está chegando na Série A. Para mim, ela é um exemplo para todo mundo” destacou Gaciba.

Ao lado de Edina, estará a assistente Neuza Back, que irá com ela na Copa do Mundo da França 2019. Tatiane Camargo, a auxiliar que completa o trio do Mundial Feminino, está se recuperando de uma lesão e não foi escalada. 


*Com informações Assessoria CBF

Post anteriorPróximo post