Paranaense volta neste sábado após empecilhos e sem presença de público

Vinicius Cordeiro

campeonato paranaense retomada público estadual

Campeonato Paranaense será o quarto Estadual retomado no país neste final de semana. Foram mais de quatro meses de paralisação por causa da pandemia de covid-19, que impede a presença de público nos estádios. O torneio está nas quartas de final, sendo que serão realizados jogos de ida e volta até a final.

Dois jogos acontecem no sábado (18): Rio Branco x FC Cascavel (14h, Germano Krüger) e Cianorte x Operário (16h, Albino Turbay). No domingo (19), Coritiba x Paraná (16h, Germano Krüger) e Londrina x Athletico (18h, Ubirajara Medeiros).

DIFICULDADES COM REGRAS MUNICIPAIS

A retomada é marcada pelos obstáculos desafiados pela Federação Paranaense de Futebol (FPF). Cinco dos oito clubes não poderão atuar em suas cidades.

Athletico, Coritiba e Paraná foram impedidos de atuar em Curitiba após a prefeitura não ceder ao pedido da Federação. O Rio Branco, de Paranaguá, está impedido porque o município ainda está sob o decreto estadual. Por fim, o Londrina não tem o estádio do Café em situação regularizada.

Nesse cenário, Ponta Grossa, cidade na região central do Estado e que não gerou complicações para os jogos, vai receber duas das quatro partidas, sendo que nenhuma delas envolve o Operário, que vai atuar fora de casa. Uma outra opção levantada pela FPF seria levar os jogos para Joinville, em Santa Catarina.

Até agora, os campeonatos estaduais foram retomados no Rio de Janeiro, conquistado pelo Flamengo ontem, Santa Catarina, Ceará e Paraíba.

CAMPEONATO PARANAENSE VOLTA COM PROTOCOLO CONTRA A COVID

Representantes dos clubes e da Federaçã durante reunião com o governo do Paraná. (Rodrigo Felix Leal / AEN)

O Campeonato Paranaense está paralisado desde 15 de março, logo após a conclusão da primeira fase. Na última rodada, os jogos aconteceram sem torcidas. PSTC e União Beltrão caíram para a segunda divisão enquanto Cascavel CR e Toledo escaparam do rebaixamento, mas ficam sem datas neste momento.

O protocolo para a retomada do Estadual foi selado em uma reunião realizada nesta manhã entre Federação, clubes e governo do Paraná.

Todas as partidas serão realizadas sem a presença de público. Terão acesso restrito ao campo de jogo e vestiário: atletas, comissões, equipes de arbitragem, delegados da partida, controle de doping, funcionários essenciais à administração do estádio e imprensa. Vale lembrar que a plataforma de streaming DAZN é a detentora dos direitos de transmissão.

Somente os atletas e o árbitro principal podem ficar sem máscara. Deverá ser disponibilizado álcool 70% para higienização constante dos envolvidos e a orientação é para evitar cumprimentos antes das partidas e em comemorações coletivas.

Todos os ambientes deverão ser higienizados previamente com solução de água sanitária. Na data da partida haverá um inquérito epidemiológico com ênfase na condição olfativa e aferição de temperatura. Além disso, a estrutura física deverá ser adaptada conforme distanciamento social, ventilação e restrição da circulação de pessoas.

Participaram da reunião o governador Ratinho Junior, o secretário da Saúde Beto Preto e o presidente da Federação, Hélio Cury, e seis dos oito clubes que entraram em campo. O Athletico foi representado pelo seu presidente, Mário Celso Petraglia, assim como o Coritiba, Samir Namur, e Paraná, Leonardo Oliveira. O Londrina foi representado pelo diretor Sergio Malucelli, o Operário pelo presidente José Álvaro Góes Filho e o Rio Branco pelo também presidente Itamar Bill.

Previous ArticleNext Article