PM define esquema de segurança para o clássico Paratiba

Da Redação com AssessoriaO 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM) da PM, montou um esquema de segurança para o..

Redação - 30 de janeiro de 2017, 18:35

Da Redação com Assessoria

O 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM) da PM, montou um esquema de segurança para o jogo entre Coritiba e Paraná, às 20 horas, domingo (05) no estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR). Na manhã desta segunda-feira (30/01) a PM reuniu-se com representantes de órgãos de segurança pública, de torcidas organizadas e dos clubes para definir questões relacionadas ao clássico.

“Conversamos com as torcidas e a direção dos clubes para ajustar alguns detalhes em relação ao jogo. A escolta da torcida do Paraná Clube saíra às 17 horas da Vila Capanema e segue até o Couto Pereira, no retorno ocorre da mesma forma; já com a torcida do Coritiba não será preciso, pois os torcedores irão diretamente ao estádio”, conta o Chefe de Planejamento do 12º BPM e Coordenador do Policiamento para este clássico, major Emídio Angelotti.

“Os times também serão escoltados dos seus respectivos centros de treinamento até o local da partida. Em relação aos uniformes das organizadas, as faixas e instrumentos fica a cargo dos times definir como será feito. Esperamos que tenha uma reciprocidade entre os clubes”, destaca o oficial da PM.

“Como o jogo é no Couto Pereira os torcedores irão direto para o estádio. Ao final da partida vamos esperar o fluxo de pessoas diminuir para sairmos e deslocarmos para os terminais. O material da torcida organizada a princípio está liberado, mas as bandeiras de mastro estão proibidas. Pedimos as pessoas que evitem aglomeração e torçam para o time ganhar, mas sem confusão”, afirma Juliano Rodrigues, presidente da torcida Império Alviverde.

O presidente da Fúria Independente, Márcio Alexandre Silvestre, ressaltou que ficou definida a escolta da torcida, já a questão da vestimenta das torcidas, as faixas e os instrumentos será acertado diretamente entre os clubes. “Iremos nos concentrar a partir das 12 horas na sede da torcida, com saída às 17 horas da Vila Capanema, e pedimos para quem for assistir ao jogo que vá tranquilo e em clima de paz”, disse.

Segundo o major Angelotti, a partir das 15 horas já haverá bloqueios de trânsito nas proximidades do estádio. “Teremos várias equipes fazendo patrulhamento nos arredores e na parte interna do estádio, bem como nos eixos de transporte público. Pedimos aos torcedores que fiquem tranquilos, pois estamos no início do campeonato e os times terão oportunidade de se recuperar. Esperamos que as pessoas possam torcer pelo seu time e se divertir, sem entrarem em conflito”, finaliza.

O esquema de segurança será coordenado pelo 12º BPM e contará com o apoio do 13º BPM, 20º BPM e 23º BPM, bem como do Regimento de Polícia Montada (RPMon), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRan), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), além da Guarda Municipal, da Secretaria Municipal de Urbanismo, da Urbs (Urbanização de Curitiba), da Setran (Secretaria Municipal de Trânsito), do Jecrim (Juizado Especial Criminal), do Ministério Público, do Poder Judiciário e da Polícia Civil.