PM define esquema de segurança para o clássico

Redação


Da Redação com Assessoria

A PM definiu o esquema de segurança para o clássico entre o Coritiba e o Atlético Paranaense pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Couto Pereira, neste sábado, 16 horas, em reunião na sede da PM. Todos os batalhões da capital irão participar do policiamento para reforçar a segurança em apoio ao 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM). A PM fará a escolta das torcidas organizadas para evitar confrontos.
A torcida do Atlético terá até as 13 horas para utilizar o transporte coletivo na chegada ao estádio e a torcida coxa-branca poderá de deslocar de 13h30 até o horário do jogo. Representantes das torcidas organizadas Império Alviverde (Coritiba), Os Fanáticos (Atlético) e Ultras (Atlético) trataram sobre a entrada de faixas e bandeiras no estádio, mas essa decisão será com os clubes.
Além da PM, Polícia Civil, Guarda Municipal e Ministério Público também terão profissionais à disposição para atuação em decorrência do jogo. “Vamos estar lá com o Jecrim (Juizado Especial Criminal) com os promotores de justiça e com os juízes de direito, para que o julgamento das ocorrências que porventura tiverem no estado, sejam julgadas de imediato. A delegacia será instalada logo na abertura dos trabalhos e estará em apoio à PM, à Guarda Municipal e a própria segurança interna do estádio”, explicou o delegado Clóvis Galvão, da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos da Polícia Civil do Paraná (Demafe).

O Comandante da Operação Futebol, capitão Gildo Cezar dos Santos Lima, explica que o papel da Polícia Militar no evento é atuar de forma que todos, incluindo torcedores e pessoas que circulam pela cidade, tenham tranquilidade. “Nossa preocupação é sempre antes, durante e depois do jogo, para isso contaremos com o apoio das diversas unidades, incluindo os grupos especializados, para proporcionar a garantia do direito de ir e vir com tranquilidade”, ressaltou.

O Presidente da torcida organizada Império Alviverde, Juliano Nicolosi, salientou a relevância da reunião com os órgãos de segurança pública para estabelecer acordos que estabeleçam integração e mais segurança no dia do jogo. “Para nós é importante participar de reuniões como essa, pois é a oportunidade para ajustarmos algumas situações que beneficiam todos os torcedores”, disse.

Já o diretor da torcida Ultras, Fabiano Soares, considera importante discutir métodos que possam melhorar a relação entre as torcidas organizadas para promover esporte e cidadania. “Essas reuniões são válidas e participamos delas para interagir e criar uma cultura de paz”, afirmou.

As vias ao entorno do estádio serão bloqueadas pelo BPTran durante toda a tarde, por isso a PM orienta que os cidadãos se atentem às mudanças do fluxo de trânsito na região do Alto da Glória para evitar problemas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="434978" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]