Prefeitura de Curitiba flexibiliza, e Athletico e Coritiba podem receber 20 mil torcedores

Pedro Melo

Athletico Coritiba Arena da Baixada Couto Pereira prefeitura de Curitiba

A Prefeitura de Curitiba publicou um novo decreto na tarde desta quarta-feira (06) e liberou eventos esportivos com até 50% da capacidade dos estádios. Ou seja, Athletico e Coritiba podem receber mais de 20 mil torcedores na Arena da Baixada e Couto Pereira, respectivamente.

Segundo o último laudo do Corpo de Bombeiros, a capacidade do Couto Pereira é de 40.502 torcedores no Couto, enquanto da Arena da Baixada é de 42.372 pessoas. Respeitando o novo decreto, o Coritiba pode receber ocupar até 20.251 lugares e o Athletico até 21.186.

No começo da semana, a diretoria do Coritiba solicitou para a Prefeitura de Curitiba a flexibilização das restrições para contar com mais torcedores nas arquibancadas. Agora, o Coxa espera apoio de mais sócios no Couto Pereira na partida contra o Cruzeiro, na sexta-feira (08), às 21h30.

Desde a liberação para o retorno da torcida, que até então tinha o limite de cinco mil pessoas, o Coritiba teve público em duas partidas na Série B: 1.391  torcedores contra o Guarani e 830 sócios diante do Confiança.

Já o Athletico, em reunião entre os conselheiros, decidiu por manter o veto dos torcedores nas arquibancadas. Os argumentos do presidente Mario Celso Petraglia era que o clube teria prejuízo em abrir a Arena da Baixada para até cinco mil pessoas e ainda deixaria muitos sócios de fora.

O Athletico ainda não se posicionou se vai rever a decisão após o novo decreto da Prefeitura de Curitiba. O clube não divulga a quantidade exata de sócios, mas tem menos de 15 mil associados.

SITUAÇÃO DE CURITIBA NA PANDEMIA DA COVID-19

A cidade de Curitiba está sob bandeira amarela há 92 dias. No entanto, os casos ativos diminuíram somente nas duas últimas semanas – o índice estava acima de 5 mil no dia 23 de setembro e hoje está em cerca de 3 mil. Já a ocupação dos leitos para covid estão com ocupação em torno de 50% após diversas vagas terem sido desativadas devido à baixa procura.

“Desde do início da pandemia nunca permanecemos um período tão longo de bandeira amarela e com continuidade na redução dos números. Isso mostra os benefícios da vacinação e nos dá liberdade de avançar um pouco mais na retomada do cotidiano, claro, sem deixar de lado os cuidados”, comemorou a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="794937" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]