Presidente do Coritiba lamenta tragédia e diz: “vamos ajudar a reerguer a Chapecoense”

Julie Gelenski


O presidente do Coritiba, Rogério Bacellar, lamentou o acidente aéreo envolvendo a delegação da Chapecoense e destacou a boa relação que mantinha com a diretoria do time catarinense, tanto que, a partida de volta da final da Copa Sul-Americana seria realizada no Couto Pereira.

Bacellar disse que o Coritiba está de braços abertos para ajudar a reerguer a Chapecoense e prestou solidariedade às famílias das vítimas.

O presidente também destacou a passagem do técnico Caio Júnior pelo Coritiba e os jogadores que também vestiram a camisa coxa-branca e estão entre as vítimas do acidente – o lateral-esquerdo Denner, o volante Gil e o meia Sérgio Manoel. Além disso, Bacellar lembrou que o Coritiba também foi a Medellín recentemente para jogar pela Copa Sul-Americana, assim como a Chapecoense.

A Conmebol já cancelou as finais da Sul-Americana, que seriam disputadas nos dia 30 de novembro e 07 de dezembro, entre a Chapecoense e o Atlético Nacional de Medellín.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="400166" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]