Time de Curitiba conta com três campeões das Paralimpíadas no futebol de 5

Pedro Melo

Projeto Maestro da Bola Curitiba futebol de 5 paralimpíadas Tóquio

Você sabia que Curitiba tem uma das equipes com o maior número de medalhistas no futebol de 5 das Paralimpíadas de Tóquio? Ao lado da Agafuc-RS, o Maestro da Bola tem quatro atletas que subiram ao pódio em Tóquio: Jefinho, Cássio e Guegeu ganharam o ouro com a seleção brasileira e Heredia levou a medalha de prata com a Argentina.

Fundado em 2017 pelo ex-jogador e hoje comentarista Ricardinho, o Projeto Maestro da Bola colocou Curitiba novamente no mapa do futebol de 5. Em pouco tempo, o time curitibano já está entre as principais equipes do Brasil.

O Maestro da Bola ganhou a Série B do Campeonato Brasileiro de 2019 e participou da Supercopa no final de fevereiro de 2020. Após as Paralimpíadas, a equipe de Curitiba se prepara para a disputa da elite do Brasileirão no final de outubro, no CT Paralímpico, em São Paulo.

E o projeto se reforçou para o Brasileirão justamente com o trio campeão paralímpico.  Jefinho é um dos maiores nomes da história do futebol de 5. Com a seleção brasileira, o camisa 7 conquistou a quarta medalha de ouro consecutiva em Paralimpíadas. Ele ganhou em Pequim-2008, Londres-2012 e Rio-2016. Outras conquistas importantes com o Brasil foram os Jogos Parapan-Americanos de 2007, 2011, 2015 e 2019.

Cássio e Gledson também fizeram parte das conquistas do Brasil nas Paralimpíadas de 2012, 2016 e 2020 e do Parapan de 2011, 2015 e 2019.

SELEÇÃO BRASILEIRA DOMINA O FUTEBOL DE 5 NAS PARALIMPÍADAS

O Brasil conquistou em Tóquio a quinta medalha de ouro no futebol de 5 das Paralimpíadas. Desde que a modalidade entrou nos Jogos Paralímpicos, em Atenas-2004, a seleção brasileira ganhou todas as edições sem perder nenhuma partida. Na história, são 20 vitórias e seis empates.

Em Tóquio, o Brasil repetiu o feito de Pequim-2008, ganhou o ouro com 100% de aproveitamento e ainda sem sofrer nenhum gol. As vitórias foram sobre a China por 3 a 0, o Japão e a França por 4 a 0 e o Marrocos e a Argentina na final por 1 a 0.

Além de Jefinho, Guegeu e Cássio, que jogam no Maestro da Bola, o time campeão das Paralimpíadas ainda conta com um jogador paranaense. Tiago Paraná é natural de Pinhais e foi responsável pelo gol maior bonito em Tóquio na vitória sobre o Japão.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="787779" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]