PSG anuncia Maurício Pochettino como novo técnico

Redação

psg pochettino

O PSG (Paris Saint-Germain) anunciou que Mauricio Pochettino é o novo técnico da equipe principal. O comandante de 48 anos, ex-Tottenham, assinou contrato até junho de 2022.

“Estou extremamente feliz e honrado de ser o novo técnico do Paris Saint-Germain. Agradeço à direção do clube pela confiança dada. Volto com ambição, humildade e muita vontade de trabalhar com alguns dos melhores jogadores do mundo’, disse Pochettino ao site oficial do clube.

O primeiro time comandado por Pochettino foi o Espanyol, entre 2009 e 2012. Depois, esteve à frente do Southampton em 2013/14 antes de comandar o Tottenham por cinco anos. Na Inglaterra, levou os Spurs à primeira final de Champions League, na temporada 18/19.

Uma das principais metas é fazer com que a dupla Neymar e Mbappé conquiste a Europa, ou pelo menos que ambos renovem os vínculos em Paris. Vale lembrar que ele substitui o técnico alemão Thomas Tuchel, demitido no dia 29 de dezembro.

“Ess equipe tem um potencial fantástico e farei de tudo com minha comissão técnica para otimizar os resultados do Paris Saint-Germain em todas as competições. Faremos também o nosso melhor para dar à nossa equipe aquela identidade de jogo combativa e ofensiva que os fãs parisienses sempre adoraram”, completou Pochettino.

POCHETTINO JÁ FOI JOGADOR DO PSG

Mauricio Pochettino defendeu o PSG como jogador entre 2001 e 2003. Por isso a oficialização do contrato tem um sentimento único na vida do técnico.

“Esse clube sempre manteve um lugar especial em meu coração. Tenho memórias maravilhosas daqui, especialmente da atmosfera única do Parque dos Príncipes”, afirmou Pochettino.

Essa relação também foi ponto fundamental para a definição da diretoria. “Estou orgulhoso de ver nosso ex-capitão retornar ao PSG, porque o clube sempre foi a sua casa. Estamos muito felizes em confiar a gestão de nossa equipe profissional ele e mostra que o clube está comprometido em continuar seu forte desenvolvimento nos próximos anos”, avaliou Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="736975" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]