PSG é derrotado pelo Rennes e perde invencibilidade na Ligue 1

Jorge de Sousa

Com Messi e Neymar, PSG é derrotado pelo Rennes e perde invencibilidade na Ligue 1

Mesmo com o trio Neymar, Messi e Mbappé como titular, o PSG foi derrotado pelo Rennes por 2 a 0 na manhã deste domingo (3) e perdeu a invencibilidade na Ligue 1.

Laborde e Tait marcaram os gols da vitória do Rennes no Roazhon Park, em Rennes.

Mesmo com a derrota, o PSG segue absoluto na liderança da Ligue 1 com 24 pontos ganhos em nove jogos, seis acima do vice-líder Lens. Já o Rennes subiu para o sétimo lugar com a vitória, com 12 pontos.

Na próxima rodada da Ligue 1, o PSG recebe o Angers no Parque dos Príncipes, enquanto o Rennes viaja para duelar contra o Metz.

RENNES É LETAL NO ATAQUE E CASTIGA FALTA DE PONTARIA DO PSG

O Rennes mostrou que iria levar perigo ao PSG logo aos nove minutos. Laborde foi acionado na área e tentou a finalização por cobertura, mas Donnarumma foi ágil para defender.

Nova chance do Rennes aos 21 minutos. Sulemana fez boa jogada individual pela esquerda, trouxe para o meio e finalizou rente ao travessão.

A resposta do PSG veio aos 23 minutos. Neymar tentou finalizar na área, a bola explodiu na defesa e sobrou para Mbappé finalizar por cima da meta.

O PSG seguiu levando perigo aos 25 minutos. Messi deu belo passe por elevação para Mbappé, que cara a cara com Gomis, finalizou a esquerda da meta.

Messi ficou perto de abrir o placar aos 30 minutos. Em cobrança de falta da entrada da área, o argentino carimbou o travessão de Gomis.

Gomis salvou o Rennes aos 35 minutos. Messi e Neymar fizeram bonita tabela e o argentino finalizou rasteiro para boa defesa do goleiro.

Nova intervenção do goleiro aos 43 minutos. Messi lançou Di María na área e o argentino tentou rolar para Neymar na pequena área, mas Gomis foi ágil para ficar com a bola.

O Rennes abriu o placar aos 44 minutos. Sulemana fez belo cruzamento da esquerda e Laborde passou por trás da zaga do PSG para completar para as redes.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo o Rennes ampliou o marcador. Laborde avançou pela direita e cruzou rasteiro para Tait finalizar cruzado para vencer Donnarumma.

Sulemana quase fez o terceiro do Rennes aos 17 minutos. O meia recebeu na esquerda, trouxa para o meio e novamente finalizou rente ao travessão.

Aos 22 minutos, Di María lançou Mbappé na área e o atacante finalizou cruzado para balançar as redes. Mas a revisão no VAR apontou impedimento do francês no início da jogada.

Messi ainda teve boa chance para descontar o placar aos 28 minutos. Em cobrança de falta da entrada da área, o argentino finalizou perto do poste direito de Gomis.

LEIA MAIS: Atlético-MG vence Internacional e segue firme na rota do título brasileiro

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="794125" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]