PSG sai atrás, derrota Lille de virada e volta a vencer no Campeonato Francês

Mesmo com Neymar e Messi entre os titulares, o PSG teve muitas dificuldades para vencer o Lille de virada por 2 a 1, pel..

Pedro Melo - 29 de outubro de 2021, 17:56

(Reprodução/Twitter/PSG)
(Reprodução/Twitter/PSG)

Mesmo com Neymar e Messi entre os titulares, o PSG teve muitas dificuldades para vencer o Lille de virada por 2 a 1, pela 12ª rodada do Campeonato Francês. Os visitantes abriram o placar com David, mas o brasileiro Marquinhos e Di Maria viraram a partida no segundo tempo.

Após o empate na rodada passada com o Olympique de Marselha, o PSG conquistou a 10ª vitória em 12 partidas no Campeonato Francês. O Paris Saint-Germain tem 31 pontos, dez a menos que o vice-líder Lens, que ainda joga na rodada. Do outro lado, o Lille, atual campeão, é apenas o 10º colocado, com 15 pontos.

O técnico Mauricio Pochettino não contou com Mbappé, mas escalou Messi e Neymar no ataque do PSG. Apesar disso, o time parisiense teve muitos problemas no primeiro tempo e levou o primeiro gol aos 30 minutos. Jonathan David recebeu passe na área e colocou o Lille na frente.

Messi, que era dúvida, não aguentou toda a partida e foi substituído no intervalo. E com Icardi no ataque, o PSG levou alguns sustos antes de conseguir o empate já aos 29 minutos. Di Maria levantou a bola na área e o zagueiro Marquinhos mandou de primeira para o fundo das redes.

O Paris Saint-Germain continuou todo no ataque e conseguiu o gol da vitória já aos 43 minutos. Neymar recebeu na meia-lua e tocou para Di Maria. O argentino chutou de primeira, rasteiro, e garantiu o resultado positivo para o time parisiense.

FICHA TÉCNICA – 12ª RODADA DO CAMPEONATO FRANCÊS

Data, horário e local: sexta-feira (29), às 16h (horário de Brasília), no Parque dos Príncipes, em Paris.

PSG: Donnarumma; Kehrer (Dagba), Marquinhos, Kimpembe e Bernat (Nuno Mendes); Wijnaldum (Draxler), Gueye e Danilo; Messi (Icardi), Neymar e Di Maria (Ander Herrera). Técnico: Mauricio Pochettino.

Lille: Grbic; Çelik, José Fonte, Djalo e Reinildo; Renato Sanches, Xeka Ikoné (Weah), Bamba (Yazici); Jonathan David e Yilmaz (Onana). Técnico: Jocelyn Gourvennec.

Gols: Jonathan David (LIL), aos 30' do primeiro tempo, Marquinhos (PSG), aos 29' do segundo tempo, e Di Maria (PSG), aos 43' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Yilmaz, Çelik e Renildo (LIL); Neymar (PSG).

Arbitragem: Amaury Delerue (FRA), auxiliado por Alexandre Viala (FRA) e Julien Aube (FRA).