Qatar inaugura mais dois estádios da Copa e entra na reta final pelo último

Gabriel Carneiro, Folhapress e Raquel Arriola, Folhapress

Copa do Mundo estádios

Os sexto e sétimo -entre oito- estádios preparados pelo Qatar para a Copa do Mundo de 2022 serão inaugurados hoje (30). Pela primeira rodada da Copa Árabe, o Al Bayt e o 974 (também conhecido como Ras Abu Aboud) recebem jogos entre as seleções de Qatar x Bahrein às 13h30 (horário de Brasília) e Emirados Árabes x Síria duas horas e meia mais tarde.

O Al Bayt fica na cidade de Al Khor, a menos de 50 km da capital Doha, tem capacidade para 60 mil pessoas e será palco da abertura da Copa do Mundo no ano que vem. O design é inspirado nas tendas dos povos nômades da região na antiguidade e “bayt” quer dizer algo como casa, lar -por isso o planejamento para que fosse o lugar da estreia, da recepção aos torcedores.

Já o outro estádio que receberá seu primeiro jogo oficial hoje é o 974, também chamado de Ras Abu Aboud. O número que dá nome ao local é o código telefônico do país e também o número de containers que fazem parte da sua estrutura. O estádio a sete quilômetros do centro de Doha será completamente desmontado depois da Copa do Mundo para que não haja um elefante branco no país. A promessa é que serão criadas instalações esportivas populares no Qatar e fora com o material empregado.

O Al Bayt e o 974 se juntam aos já inaugurados Ahmed Bin Ali, Al Janoub, Education City, Estádio Internacional Khalifa (o primeiro estádio da história do país e único que já existia) e o mais recente Al Thumama.

Quando a bola rolar hoje para Qatar x Bahrein, só um palco da Copa ainda não terá recebido futebol. É justamente o mais importante e maior, com capacidade para mais de 80 mil pessoas e que sediará a grande final de 2022. O Estádio Lusail ainda não tem data de inauguração -a ideia é que ocorra entre janeiro e março do ano que vem-, mas sua conclusão está muito bem encaminhada.

O UOL Esporte visitou neste fim de semana o local a 20 quilômetros de Doha a convite do Comitê Supremo para Entrega e Legado, órgão que organiza a Copa do Mundo de 2022. Há muitas obras inacabadas no entorno em um verdadeiro canteiro de obras, mas a parte interna está em estágio avançado, com assentos instalados e estruturas de som, iluminação, vestiário e telão prontas.

O único detalhe que chama atenção na visita é o gramado. Tamim El Abed, gerente do projeto do Estádio Lusail, explica que a instalação ocorreu em setembro e, como a grama é 100% natural, o tempo disponível ainda não foi suficiente para que ela se desenvolvesse. É possível ver trechos esbranquiçados e uma grama ainda fina, que não fecha. De acordo com Abed, tudo normal.

Ele promete que até o meio de dezembro o gramado estará como se espera e o estádio, desta forma, pronto para ser inaugurado.

Do lado de fora o quadro não é tão avançado. Antes dos preparativos para a Copa do Mundo, Lusail era um povoado de pouca estrutura no meio do deserto. Agora está praticamente sendo levantada uma cidade ao redor do estádio, com escola, hospital, metrô e prédios públicos. Ainda falta muito para que tudo esteja pronto e há grande número de trabalhadores presentes nas obras.

O Estádio Lusail será inaugurado somente em 2022. A Copa Árabe que recebe os primeiros jogos oficiais do Al Bayt e do 974 foi criada pela Fifa como evento-teste do Mundial e reúne 16 seleções da região entre hoje e o dia 18 de dezembro. O técnico da seleção brasileira Tite estará no Qatar para assistir a quatro partidas da competição entre os dias 10 e 11.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="807307" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]