“Quem vai para buscar um ponto acaba não buscando nada”, destaca zagueiro Werley

Francielly Azevedo


O Coritiba vive uma fase mais tranquila após sair da zona de rebaixamento. A posição ainda não é totalmente confortável, mas depois de golear o Avaí no último fim de semana, o alviverde respira ares mais leves. O próximo compromisso é na quinta-feira (9), contra o Fluminense, no Maracanã. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (7), o zagueiro Werley revelou que o empate não é o foco do time.

O Coxa conquistou 10 dos últimos 12 pontos disputados. Foram três vitórias e um empate nos últimos quatro jogos, que garantiram a saída do time da zona da degola.

“Você tira um peso muito grande das costas, porque você entrar em campo na zona de rebaixamento é muito difícil. Você entrar em campo precisando ganhar de qualquer maneira e torcer para o seu adversário perder. Você estar jogando, mas não saber quanto está o resultado do seu adversário e as vezes você ganha, mas não sai do lugar. Hoje estamos a três pontos dessa zona de rebaixamento, com a confiança lá em cima, tirando esse peso. O time está mais leve, mais alegre, então temos que continuar focados, com os pés no chão porque não conquistamos nada ainda”, desabafou o defensor.

Questionado se o empate seria suficiente, Werley afirmou que o Coritiba viajará pensando em conquistar os três pontos, porque essa partida é considerada um divisor de águas para espantar de vez a má fase.

“Nós vamos lá para ganhar o jogo. Eu acho que quem vai para buscar um ponto acaba não buscando nada. O nosso foco para esse jogo é muito grande, porque uma vitória lá vai nos deixar em uma situação muito boa dentro da competição. Sabemos que temos condições pelo futebol que estamos apresentando, principalmente pelo último jogo, se mantermos aquela postura e a iniciativa que tivemos desde o primeiro minuto, podemos voltar de lá com um grande resultado”, ressaltou.

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.