Rafael Castro comemora números pessoais pelo Maringá e vive expectativa por futuro: “jogar Série B”

Redação

Maringá - Rafael Castro - Paranaense

O zagueiro Rafael Castro, 24, fez uma análise sobre o desempenho do Maringá no Campeonato Paranaense após a eliminação da equipe na última quinta-feira (20). O time chegou até as quartas de final da competição, sendo eliminado pelo Cascavel FC após dois confrontos bem parelhos. O atleta foi titular em 12 das 13 partidas do clube no estadual, tendo jogado 1068 minutos ao todo.

“Vejo que o Maringá teve uma boa participação no Campeonato Paranaense essa temporada. Muitos nem acreditavam na nossa permanência na elite, e muito menos na nossa qualificação nas quartas de final. Mas ficamos com sete jogos de invencibilidade e conseguimos manter o time no campeonato para a próxima temporada. Claro que queríamos também uma vaga nas competições nacionais, mas infelizmente não foi possível de forma direta”, contou.

Rafael foi responsável pelo gol que garantiu o time na elite do paranaense, em confronto contra o Toledo, na vitória por 2 a 0, no dia 12 de maio, já pela 10ª rodada. A equipe do Maringá terminou a primeira fase na sétima colocação, com 15 pontos em 11 jogos. Nas quartas de final, enfrentou o Cascavel FC, perdendo no jogo de ida por 2 a 1 e depois empatando por 1 a 1 fora de casa. O atleta também falou sobre seus números individuais.

“Particularmente vejo que esse campeonato para mim foi muito bom. Pude atuar bastante como titular absoluto e até em alguns jogos atuei como capitão do Maringá. No geral sinto que fiz bons jogos. Tive a felicidade de marcar o gol que garantiu o clube na elite do futebol do estado e saio daqui pela porta da frente com a sensação de dever cumprido. Foi uma experiência muito boa e espero ter correspondido a confiança que depositaram em mim”, disse.

PRÓXIMOS OBJETIVOS

Formado nas categorias de base do Corinthians e vitorioso no clube paulista, o zagueiro tem no currículo um título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, vencido em 2015, um Campeonato Paulista Sub-20 e um título do Brasileiro Sub-20, esses dois últimos conquistados em 2014. O atleta também fez parte do elenco do Timão que ganhou o Campeonato Brasileiro em 2017, sob comando do então técnico Fábio Carille.

Desde que voltou a atuar em junho de 2019, após um problema pessoal, Rafael foi titular em 43 das 49 partidas disputadas, 87,7% dos jogos. O jogador acumula passagens por Taubaté-SP, São José-RS e Maringá-PR. O zagueiro comentou quais são seus objetivos na carreira.

“Desde quando retornei ao futebol tive um pensamento bem claro na cabeça que foi retornar as grandes competições que integram a elite do futebol brasileiro. Venho tendo bons números até então e fui muito feliz nos clubes que passei. Meu maior objetivo pessoal agora é jogar uma Série B ou até quem sabe uma Série A. Espero que nesse segundo semestre eu possa alcançar esse objetivo. Trabalho e continuarei trabalhando muito para isso”, finalizou.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="766119" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]