Rafael Silva vence e conquista o bronze no judô

Redação


O judoca brasileiro Rafael Silva, o Baby, superou o holandês Roy Meyer, na repescagem, e venceu Abdullo Tangriyev, do Uzbequistão, e garantiu a medalha de bronze nas Olimpíadas do Rio na categoria peso pesado (acima de 100 kg), nesta sexta-feira (12). Essa é a segunda vez que Baby sobe no pódio olímpico, a primeira foi em Londres.

O brasileiro, que nasceu em Campo Grande (MS) e cresceu em Rolândia, no norte do estado, dominou a luta e comemorou o resultado com a torcida, que fez contagem regressiva pela medalha nos segundos finais do combate. O combate que levou o brasileiro ao bronze foi definido por um yuko, a pontuação mínima no judô.

“Estou muito feliz. É muito bom ganhar uma medalha em casa. A torcida me apoiou bastante e ouvi tudo que eles gritaram me incentivando. Também preciso agradecer à minha equipe, que acreditou no nosso trabalho”, disse o brasileiro.

O brasileiro venceu suas duas primeiras lutas, contra o hondurenho Ramon Pileta e o russo Renat Saidov, mas caiu diante do francês Teddy Riner nas quartas. Rafael voltou à disputa pela medalha ao passar Roy Meyer, dos Países Baixos, na repescagem.

Com a conquista, a delegação brasileira de judô encerra sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio com um ouro, de Rafaela Silva, e dois bronzes, um de Mayra Aguiar, na modalidade.

Disputa pelo ouro

O ouro da categoria ficou com o francês Teddy Riner após a vitória sobre o japonês Hisayoshi Harasawa. Invicto há seis anos, o francês conquistou o segundo ouro olímpico e já conquistou oito títulos mundiais, e é um dos maiores nomes da história do judô. Ao todo, o francês carrega 115 lutas de invencibilidade.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="378577" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]