Flamengo empata com Red Bull Bragantino e perde chance de assumir a liderança

Jorge de Sousa

Flamengo empata com Red Bull Bragantino e perde chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro

Flamengo e Red Bull Bragantino empataram em 1 a 1 na noite deste domingo (7) e a equipe rubro-negra perdeu a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro.

Gabriel (em cobrança de pênalti) abriu o placar para o Flamengo e Ytalo empatou para o Bragantino.

O duelo foi realizado no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Com o empate, o Flamengo fica um ponto abaixo do Internacional, que ainda atua nesta rodada e com isso pode abrir quatro pontos de vantagem para a equipe rubro-negra.

Já o Bragantino chegou aos 48 pontos, mesma pontuação do Corinthians – atual oitava colocado e último classificado para a Copa Libertadores neste momento.

As duas equipes voltam a campo na próxima semana. O Flamengo recebe o Corinthians no domingo (14), às 16h, enquanto o Bragantino viaja para duelar com o Sport na Ilha do Retiro, na segunda-feira (15), às 20h.

FLAMENGO CEDE EMPATE EM ERRO DE ISLA

A primeira chance de gol da partida foi do Red Bull Bragantino. Aos 13 minutos, Artur recebeu na direita e arriscou chute no canto direito para Hugo Souza espalmar.

Na cobrança de escanteio, Claudinho bateu no primeiro poste e Ytalo resvalou de cabeça, com a bola caindo na rede acima do gol.

A resposta do Flamengo veio aos 17 minutos. Bruno Henrique chutou em cima da marcação e a bola sobrou para Arrascaeta na área, com o meia girando e batendo rente ao poste esquerdo.

Nova chance do Flamengo aos 25 minutos. Isla recebeu na direita e cruzou na medida para Everton Ribeiro testar rente ao poste direito.

Cleiton salvou o Bragantino aos 29 minutos. Após cobrança de Arrascaeta da esquerda, Everton Ribeiro tentou a finalização de bicicleta e a bola sobrou para Gustavo Henrique finalizar de primeira, com o goleiro defendendo em cima da linha.

Aos 32 minutos, Gustavo Henrique foi puxado na área em disputa pelo alto e após consulta no VAR, Wilton Pereira Sampaio assinalou a penalidade. Gabriel pediu a bola e bateu firme no canto esquerdo para abrir o placar.

Ytalo quase empatou o jogo aos 36 minutos. Aderlan bateu falta da direita e o centroavante resvalou de cabeça, com a bola passando rente ao travessão.

Cleiton voltou a aparecer aos 40 minutos. Arrascaeta deu belo lançamento para Bruno Henrique, que invadiu a área, mas na hora de driblar o goleiro, Cleiton deu um tapa na bola e desarmou o atacante.

O Flamengo começou melhor o segundo tempo e criou duas chances antes dos dez minutos. Na primeira, Bruno Henrique foi lançado na direita e chutou cruzado para Cleiton defender.

Na sequência do lance, Gerson roubou a bola no campo de ataque e serviu Everton Ribeiro na área. O meia tentou a finalização colocada, mas mandou por cima da meta.

O Bragantino respondeu aos nove minutos. Aderlan aproveitou sobra na entrada da área e emendou chute de primeira, que passou rente ao travessão.

O empate do Bragantino veio aos 17 minutos. Raul fez lançamento da esquerda, Isla deixou a bola passar e Helinho conseguiu salvar na linha de fundo, cruzando rasteiro para o meio da área. Claudinho não conseguiu finalizar, mas Ytalo completou no meio da área para as redes.

Cleiton fez duas defesas seguidas aos 22 minutos. Arrascaeta desarmou Aderlan no campo de ataque, invadiu a área e finalizou cruzado para o goleiro espalmar. Bruno Henrique pegou o rebote na pequena área e emendou de primeira para nova defesa do arqueiro.

Nova chance do Flamengo aos 28 minutos. Ligger saiu jogando errado, Arrascaeta recuperou a bola e rolou para Bruno Henrique, tentou o chute cruzado, a defesa cortou e no rebote Bruno finalizou por cima da meta.

Cleiton salvou novamente o Bragantino aos 29 minutos. Gabriel arriscou finalização de média distância e o goleiro espalmou a bola no canto direito.

O goleiro do Bragantino ainda fez novo milagre aos 50 minutos. Matheuzinho fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para Pedro finalizar de primeira, mas Cleiton espalmou no canto direito.

LEIA MAIS: Palmeiras perde do Tigres e está eliminado do Mundial de Clubes

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="744096" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]