Red Bull Bragantino vence e tira a invencibilidade do Palmeiras no Paulista

Jorge de Sousa

Palmeiras - Red Bull Bragantino - Campeonato Paulista

Com um primeiro tempo arrasador, o Red Bull Bragantino venceu o Palmeiras por 2 a 1 na tarde deste domingo (2), e tirou a invencibilidade do rival no Campeonato Paulista.

O duelo válido pela quarta rodada do Paulistão foi realizado no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Uillian Correia e Ytalo (em cobrança de pênalti) marcaram os gols do Red Bull Bragantino, enquanto Dudu (em cobrança de pênalti) descontou para o Palmeiras.

A vitória deixou o Red Bull Bragantino provisoriamente na vice-liderança do Grupo D, dois pontos atrás do Corinthians. Mas caso o Guarani vença o Santo André ainda neste domingo, a equipe campineira irá reassumir a ponta da tabela.

Já o Palmeiras fica estacionado com sete pontos, na vice-liderança do Grupo B, podendo ver o Santo André abrir cinco pontos na liderança e também ser ultrapassado pelo Novorizontino, que enfrenta o Ituano neste domingo.

SEMANA DE FOLGA

Com o início da disputa da Copa Libertadores da América, as equipes voltam a campo somente no próximo final de semana pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

O Red Bull Bragantino viaja para encarar o Mirassol no Municipal de Mirassol, na sexta-feira (7), às 21h30.

Já o Palmeiras viaja para Campinas e encara a Ponte Preta, no sábado (8), às 19h30.

FOME DE GOLS DE WILLIAN

O Red Bull Bragantino foi melhor no primeiro tempo e conseguiu sua primeira chance de perigo aos 14 minutos. Uillian Correia arriscou da entrada da área e finalizou firme para Weverton espalmar.

A única finalização do primeiro tempo foi aos 29 minutos. Marcos Rocha cruzou da direita e Wesley cabeceou firme, mas no meio do gol para a defesa de Júlio César.

Só que o Red Bull Bragantino anotou o seu primeiro gol aos 33 minutos. Ytalo recebeu na área e fez o pivô para a ultrapassagem de Uillian Correia, que finalizou cruzado para vencer Weverton.

Aos 43 minutos, Aderlan foi quem levou perigo ao gol de Weverton. Após cobrança de escanteio curto, o lateral finalizou cruzado e a bola passou perto do poste direito.

O Palmeiras teve boa chance para o empate logo no primeiro minuto do segundo tempo. Após corte errado de Ligger, Luiz Adriano finalizou da entrada da área e Júlio César conseguiu espalmar.

Mas no minuto seguinte, Zé Rafael atropelou Edimar na lateral a área e o árbitro Thiago Duarte Peixoto assinalou a penalidade. Ytalo foi para a cobrança e bateu firmo no canto esquerdo alto.

Zé Rafael tentou se redimir aos 21 minutos. O meia recebeu na entrada da área e finalizou próximo ao ângulo esquerdo.

Aos 24 minutos, Dudu perdeu uma chance incrível para empatar o jogo. Marcos Rocha cruzou rasteiro, Luiz Adriano desviou de letra e o atacante chegou livre no segundo poste, mas bateu de canela e a bola foi para fora.

O Palmeiras seguiu na pressão e aos 31 minutos, Edimar errou o corte na grande área e agarrou Willian pela camisa. Penalidade para o Palmeiras.

Na cobrança, Dudu bateu firme no canto esquerdo para balançar as redes, mas insuficiente para mudar o vencedor da partida.

Previous ArticleNext Article