René Simões comenta retorno ao Coritiba: Estou muito animado

René Simões, que foi campeão da Série B de 2007 como treinador, retorna ao Coritiba como head esportivo. Em sua primeira..

Pedro Melo - 06 de janeiro de 2022, 10:00

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

René Simões, que foi campeão da Série B de 2007 como treinador, retorna ao Coritiba como head esportivo. Em sua primeira entrevista oficial, o dirigente destacou o planejamento da equipe coxa-branca e afirmou que nenhum jogador será contratado apenas por contratar.

"Estou muito animado. Acho que nós temos bons músicos em todas as áreas. Comparo como se fosse uma orquestra, e alguém tem que fazer a orquestra funcionar. Dentro do futebol, esse vai ser o meu papel. Fora do futebol, tem os outros cabeças de administração financeira e marketing. Estou impressionado com o que tenho visto. Sei que o torcedor está ansioso pelas dez contratações anunciados, mas tudo está sendo analisado com muita calma, porque não pode errar. Para contratar qualquer um, é melhor não contratar", comentou René Simões.

O diretor do Coritiba retorna ao futebol após cinco anos - ele não trabalhava desde 2017, quando foi técnico do Macaé. Em sua nova função, é um dos responsáveis pelas contratações. Até o momento, três jogadores já foram contratados - lateral-esquerdo Egídio, meia-atacante Pablo García e atacante Alef Manga. Os outros nomes vão chegar nos próximos dias.

Simões destacou que o planejamento coxa-branca já é com "cabeça empresarial", sem fazer loucuras que vão comprometer o clube financeiramente. "Sair contratando é muito fácil. Contrata dez, manda embora, não paga, e depois contrata mais dez. Lembro que uma época foi assim, mas não é assim que se faz uma empresa. Ainda não virou um clube-empresa, mas a gestão do clube está sendo com uma cabeça empresarial", disse.

"Muito planejamento, sem fugir do orçamento. Paga até R$ 400 mil, é muito fácil, mas no meio do ano já não tem salário em dia. As grandes catástrofes aconteceram muito por causa disso: insatisfação por não ter salário", acrescentou.

RENÉ SIMÕES QUER PASSAR EXPERIÊNCIA NO CORITIBA

Em uma nova função, René Simões quer passar toda a experiência de carreira e sobre o Coritiba para o técnico Gustavo Morínigo. "Gustavo é um treinador que já tem alguma história, sou bem mais velho do que ele, então minha história é um pouquinho maior. Dá para passar algumas experiências e, principalmente, conhecimento do Coritiba, da torcida, da qual faço parte. Passamos a ser um torcedor desconfiado e que vive com medo. O amanhã não tem que ser como foi ontem e o passado", comentou.

"Tenho conversado muito com o Gustavo sobre ideias, cada jogador da base que subiu, a ideia dos jogadores que jogaram a segunda divisão e que estão para vir. Tudo é feito com muita conversa e opinião de todos para que não tenha só um responsável", acrescentou o dirigente coxa-branca.