Ricciardo vence GP de Monza após acidente entre Hamilton e Verstappen

Jorge de Sousa

F1: Ricciardo vence GP de Monza após acidente entre Hamilton e Verstappen

Daniel Ricciardo venceu o GP de Monza na manhã deste domingo (12), em corrida marcada por acidente entre os líderes do Mundial de Pilotos da F1 Max Verstappen e Lewis Hamilton.

Essa foi a primeira vitória do australiano na F1 desde 2018, quando ainda corria pela Red Bull Racing.

O pódio foi completado pelo companheiro de Ricciardo na McLaren, Lando Norris, e pelo finlandês Valtteri Bottas. O mexicano Sergio Perez terminou a corrida em terceiro, mas recebeu uma punição de cinco segundos por ultrapassagem em local proibido e caiu para o quinto lugar.

Com o acidente entre Verstappen e Hamilton, a disputa pelo título de pilotos se manteve inalterada com o holandês tendo 224,5 pontos contra 221,5 do britânico. Bottas (138), Norris (132) e Perez (118) aparecem na sequência da classificação.

Já no Mundial de Construtores a Mercedes ampliou a liderança com 359,5 pontos contra 342,5 pontos da Red Bull Racing e 213 da McLaren.

A F1 volta daqui dois fins de semana para o GP da Rússia, em Socchi. Diferente de Monza, a prova na Rússia será disputada às 9h, em 26 de setembro.

RICCIARDO COM SORTE DE VENCEDOR EM MONZA

O GP de Monza já demonstrou logo na largada que seria uma corrida especial, quando Ricciardo conseguiu ultrapassar Verstappen antes da primeira curva para assumir a liderança.

Verstappen não conseguiu ultrapassar Ricciardo na pista e ainda teve um problema na troca de pneus e voltou atrás de Hamilton. Logo na primeira disputa entre os rivais, os dois pilotos tocaram as rodas traseiras e o carro do holandês ficou por cima da Mercedes do britânico.

Após a saída do safety car, Norris conseguiu ultrapassar Charles Leclerc para poder fazer a dobradinha da McLaren com Ricciardo, enquanto Perez e Bottas brigaram pelo terceiro lugar até o fim da corrida.

Confira a classificação final do GP de Monza de F1

  1. Daniel Ricciardo (AUS) / McLaren
  2. Lando Norris (GBR) / McLaren – + 1.747
  3. Valtteri Bottas (FIN) / Mercedes – +4.921
  4. Charles Leclerc (MON) / Ferrari – + 7.309
  5. Sergio Perez (MEX) / Red Bull Racing – + 8.723
  6. Carlos Sainz (ESP) / Ferrari – + 10.535
  7. Lance Stroll (CAN) / Aston Martin – +15.804
  8. Fernando Alonso (ESP) / Alpine – + 17.201
  9. George Russell (GBR) / Williams – + 19.742
  10. Esteban Ocon (FRA) / Alpine – + 20.868
  11. Nicholas Latifi (CAN) / Williams – + 23.743
  12. Sebastian Vettel (ALE) / Aston Martin – + 24.621
  13. Antonio Giovinazzi (ITA) / Alfa Romeo – + 27.216
  14. Robert Kubica (POL) / Alfa Romeo – + 29.769
  15. Mick Schumacker (ALE) / Haas – + 51.088
  16. Nikita Mazepin (RUS) / Haas – não completou
  17. Lewis Hamilton (GBR) / Mercedes – não completou
  18. Max Verstappen (HOL) / Red Bull Racing – não completou
  19. Pierre Gasly (FRA) / Alfa Tauri – não completou
  20. Yuki Tsunoda (JAP) / Alfa Tauri – não completou

LEIA MAIS: Anvisa diz que Willian está impedido de jogar pelo Corinthians neste domingo

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="789401" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]