Rio Branco x Operário AO VIVO: onde assistir ao Campeonato Paranaense

Rio Branco e Operário se enfrentam pela terceira rodada do Campeonato Paranaense - saiba onde assistir ao jogo ao vivo e as escalações

Pedro Melo - 30 de janeiro de 2022, 19:14

(André Jonsson/Operário)
(André Jonsson/Operário)

Rio Branco e Operário se enfrentam pela terceira rodada do Campeonato Paranaense - saiba onde assistir ao jogo ao vivo e as escalações confirmadas pelos dois treinadores.

A partida acontece na noite deste domingo (30), às 20h, no Gigante do Itiberê, em Paranaguá.

ONDE ASSISTIR RIO BRANCO X OPERÁRIO AO VIVO

O jogo tem transmissão da NSports e do One Football, no streaming.

O Operário venceu as duas primeiras rodadas do Campeonato Paranaense contra União e Coritiba e busca a terceira vitória para seguir com 100% de aproveitamento.

Para a partida, o técnico Ricardo Catalá mais uma vez não conta com cinco jogadores que testaram para a Covid-19, entre eles o volante Leandro Vilela, o meia Thomaz e o atacante Paulo Sérgio. O treinador minimizou os desfalques e já esperava rodar o elenco em início de temporada.

"Independentemente da Covid, o time seria esse. Avisei que a gente faria muitas alterações, quero ver todo mundo jogando. Lógico, a gente não quer comprometer o resultado, mas a gente entende que todos que estão aqui estão aptos e são competentes para fazer, por isso estão aqui", declarou o treinador do Operário, após a vitória sobre o Coritiba.

Do outro lado, o Rio Branco é um dos times que ainda não pontuou após duas rodadas do Campeonato Paranaense. O Leão da Estradinha deu W.O. contra o FC Cascavel por não inscrever jogadores e perdeu no meio de semana para o Cianorte por 2 a 1.

FICHA TÉCNICA - 3ª RODADA DO CAMPEONATO PARANAENSE

Data, horário e local: domingo (30), às 20h, no Gigante do Itiberê, em Paranaguá (PR).

Onde assistir Rio Branco x Operário AO VIVO: NSports e One Football.

Rio Branco: Ravel; Yan, Moraes, Lacerda e André; Fraga, Sena, Duda e Guilherme Biteco; Petric e Oliveira. Técnico: Vitão.

Operário: Simão; Arnaldo, Thales, Reniê e Romário; André Lima, Pavani e Marcelo; Lucas Mendes, Felipe Garcia e Rodrigo Pimpão. Técnico: Ricardo Catalá.

Arbitragem: Leandro Polati Anad Portella, auxiliado por Roberto Rivelino dos Santos Junior e Ricardo Alexandre Santos.