Rony aplica ‘lei do ex’, mas não comemora gols contra o Athletico: “respeito”

Vinicius Cordeiro

rony palmeiras athletico

O atacante Rony marcou dois gols na vitória do Palmeiras sobre o Athletico-PR, mas não comemorou nenhum deles. Na saída para o vestiário, Rony explicou a sua atitude em entrevista à TNT.

“Respeito total ao Athletico, que foi um dos clubes que eu tive uma passagem maravilhosa. Quero agradecer a torcida e ao Athletico pois sem eles eu não estaria aqui”, justificou ele.

Rony também fez questão de agradecer ao meio campista Ramires, que teve o contrato rescindido em comum acordo com o Palmeiras ontem (27). O atleta de 33 anos não era bem visto pela torcida, mas tinha sido elogiado pelo técnico Abel Ferreira recentemente e era querido pelos companheiros. “Quero mandar um grande abraço e dizer que nossa equipe vai sentir falta dele”, afirmou Rony.

Por fim, o atacante ainda destacou a evolução do time palmeirense, que voltou a vencer na Série A e está com a classificação encaminhada na Libertadores. Na visão dele, o time é candidato às três taças em disputa nesta temporada.

“O mais importante é ressaltar a determinação da equipe. O Brasileiro também é importante para gente e vamos lutar até o fim para brigar entre os primeiros. Na Libertadores estamos indo passo a passo e na Copa do Brasil também vamos em busca do título que é importante para o clube”, finalizou.

Com a vitória sobre o Athletico, o Palmeiras aparece provisoriamente no G4 do Brasileirão. Agora o time se prepara agora para o jogo da volta contra o Delfin, pela Libertadores, depois de ter vencido a primeira partida por 3 a 1. O confronto está marcado para a quarta-feira (2), às 21h30, no Allianz Parque.

RONY E ATHLETICO FORAM PUNIDOS PELA FIFA EM JULHO

Em julho deste ano, a FIFA aplicou punições a Rony e Athletico. A entidade máxima do futebol suspendeu o atacante por quatro meses enquanto aplicou uma punição de não contratação ao Furacão. Contudo, o Palmeiras obteve efeito suspensivo e conseguiu a liberação para contar com o atleta. O Athletico, no entanto, ainda tenta reverter a decisão.

O imbróglio foi causado pelo retorno de Rony ao futebol brasileiro. Na visão da FIFA, o jogador quebrou contrato com o Albirex Niigata, do Japão. O staff do atleta nega. Vale lembrar que Rony chegou a treinar no Botafogo, mas acertou com Athletico-PR. O clube paranaense chegou a esperar dois meses para ter liberação da própria FIFA e poder registrar Rony no no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Rony foi anunciado como reforço do Palmeiras em fevereiro deste ano após ter conquistado os títulos da Copa Sul-Americana e Copa do Brasil pelo Furacão. A transferência custou 6 milhões de euros (R$ 28 milhões) ao Porco. O valor foi dividido em quatro parcelas anuais de 1,5 milhão de euros (R$ 7 mi). Além disso os clubes também costuraram um abatimento na compra do atacante Carlos Eduardo, ex-Palmeiras e hoje no time rubro-negro, que foi negociado por 1,2 milhão de euros.

Previous ArticleNext Article